Davi Lucas Oliveira Resenha crítica e fichamento



Baixar 19.64 Kb.
Encontro01.08.2022
Tamanho19.64 Kb.
#24408
metodologia

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA CAMPUS BOA VISTA
ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA
METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA
DAVI LUCAS OLIVEIRA MOTA DE AGUIAR

FICHAMENTO E RESENHA CRÍTICA DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

(COMO ESCREVER UM ARTIGO CIENTÍFICO)

BOA VISTA, RR.


2021.
FICHAMENTO
RESENHA CRÍTICA
VOLPATO, G. L. Como Escrever um Artigo Científico. 2007. Artigo − Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, Recife, vol. 4, p.97-115, 2007. Universidade Estadual Paulista − Botucatu, São Paulo, 2007.

Por Davi Lucas Oliveira Mota de Aguiar.



Em seu artigo de título “COMO ESCREVER UM ARTIGO CIENTÍFICO”, Gilson Luiz Volpato teve por objetivo principal em seu artigo, ensinar ao leitor estratégias e técnicas para escrever um artigo científico, apresentando a lógica do texto, e todas as informações sobre o que deveria, e o que não deveria, ser incluído em um texto de artigo científico. Também notifica a quem lê que, um artigo científico deve ser encontrado, lido e citado. Após um breve resumo sobre sua obra, Volpato iniciou seu texto com uma parte introdutória e comenta sobre a estrutura de um artigo científico. No trecho de desenvolvimento do seu artigo, Volpato demonstrou as partes que um texto científico contém, e depois finaliza fazendo uma conclusão. No final também apresenta suas referências bibliográficas.
Iniciando a introdução, o autor cita que a atividade científica indica um ambiente competitivo e a avaliação dos cientistas por suas competências, diz que esse processo avaliativo é quase exclusivo na qualidade da pesquisa científica, e que foi facilitado o desenvolvimento das avaliações com a vinda de novas tecnologias, mas que continuam tendo proveniência de bases históricas e filosóficas da Ciência. Continuando no artigo, o autor diz sobre qual era o critério para ser um pesquisador com qualidade científica, logo após faz um resumo sobre o conceito de fator de impacto, o sucesso que foi, como foi colocado em prática, para que serviu e qual foi o resultado disso tudo. O próximo paragrafo do texto é uma continuação do mesmo assunto, porém agora discutindo sobre uma outra mudança, que é as citações que cada artigo recebe e a importância de tais citações que revela a importância do estudo citado, e que por outro lado, não ser citado em qualquer circunstância, mostra a indiferença do estudo na construção do conhecimento científico. Volpato insere a ideia de que os sites internacionais de indexação de revistas científicas fornecem os dados para os autores, indicando a eles o número de citações que seus artigos receberam, posteriormente cita os dois sites mais utilizados do mundo. É discursado sobre uma nova proposta para a avaliação da qualidade científica do pesquisador, o índice h. Volpato comenta sobre como funciona esse método de avaliação, onde pode ser encontrado o índice h de cada autor e para o que o mesmo serve. O autor mostra que a tendencia atual é a priorização do impacto que as publicações de um cientista devem ter na comunidade acadêmica, mas logo após ressalta que apenas irá comentar sobre as publicações científicas dirigidas à comunidade científica e como essas publicações são escritas.
Um pouco adiante, Volpato explica o porquê da confiabilidade das publicações técnicas e logo após propõe uma divisão passo a passo de como realizar uma publicação técnica com sucesso, porém enfatiza mais uma vez que tratará apenas dos artigos que são submetidos a revistas científicas visando atingir outros cientistas da área. Após o ponto, é apresentado um pequeno parágrafo, voltando à importância da redação cientifica e o que deve ser feito para que um artigo seja aceito por outros cientistas. Confirma que é necessário que o texto seja atrativo para ser lido, por conta do excesso de informação que vivemos nos dias atuais, que faz isso tudo ser um processo complicado, porém possível.
Dando abertura à parte de desenvolvimento do artigo, o autor instrui sobre a estruturação do texto científico, iniciando pela ideia do mesmo, começando com alguns aspectos que devem ser notados e que são numerados por Volpato, no texto. Da metade da página 6 do artigo para baixo, o autor agora descreve cada parte do texto científico, dando início no título e os elementos que ele deve conter, depois a parte que define os autores do artigo e a importância de ser escrita, o endereço completo de acordo com as normas da revista e outras informações importantes de localização, a importância do resumo no começo de cada artigo científico e as características de como fazê-lo, palavras-chave, introdução e o seu papel no texto, dando a razão que justifica o objetivo do estudo e as variáveis teóricas a serem estudadas, e o que pretende fazer com elas. O autor também cita material e métodos que são utilizados no artigo e afirma ser um item complicado de ser escrito, logo após pronuncia uma boa sequência de informações a serem incluídas, que são numeradas de 1 a 4, são elas: organismo ou região de estudo, estratégia da pesquisa, procedimentos específicos e análise estatística. Adiante é comentado sobre os resultados de um artigo científico, apresenta a importância dessa parte do texto ao leitor e uma forma de chamar atenção para o resultado, que é o uso de figuras, tabelas e finalmente a descrição no texto. Ao final da página 14, somos apresentados ao tópico mais difícil de ser escrito, de acordo com o autor do artigo. A discussão. Nesse mesmo tópico o autor cita outro que será lido futuramente, que são as conclusões e faz uma ligação entre os dois tópicos, também esclarecendo que os dois podem coexistir em um texto científico, mas sugere que os separe para facilitar o aprendizado, dando dicas e estratégias de como fazer o mesmo.
Ao final da página 18, o autor encerra seu artigo comentando sobre o tópico “comentários finais”, especificando o modo que esse tópico deve ser escrito, a linguagem que deve ser utilizada e a estruturação das frases.
O texto de Gilson Luiz Volpato é rico em dados e informações importantes para o ensinamento do tema que o próprio autor aborda no texto, sendo muito útil e compreensível para o leitor, o que torna a obra bastante recomendável para o público que busca aprender a como escrever um artigo científico, porém não posso ignorar o fato de que o autor poderia ter abordado e ensinado mais mais sobre as publicações técnicas e as publicações científicas dirigidas a comunidade acadêmica, pois são dois tipos bem requisitados e frequentemente utilizados no cotidiano acadêmico ou profissional, fora isso, é um ótimo texto informativo e ressalto que é recomendável para todos aqueles que precisam.
Baixar 19.64 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal