Data Science do zero: Primeiras regras com o Python


Formatação de Espaço em Branco



Baixar 5.26 Mb.
Pdf preview
Página18/75
Encontro24.07.2022
Tamanho5.26 Mb.
#24344
1   ...   14   15   16   17   18   19   20   21   ...   75
Data Science do zero - Primeiras regras
Formatação de Espaço em Branco
Muitas linguagens usam chaves para delimitar blocos de código. Python usa
indentação:
for i in [1, 2, 3, 4, 5]:
print i # primeira linha para o bloco “for i”
for j in [1, 2, 3, 4, 5]:
print j # primeira linha para o bloco “for j”
print i + j # última linha para o bloco “for j”
print i # última linha para o bloco “for i”
print "done looping"
Isso faz com que o código Python seja bem legível, mas também significa que
você tem que ser muito cuidadoso com a sua formatação. O espaço em branco é
ignorado dentro dos parênteses e colchetes, o que poder ser muito útil em
computações intermináveis:
long_winded_computation = (1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 + 8 + 9 + 10 + 11 + 12 +
13 + 14 + 15 + 16 + 17 + 18 + 19 + 20)
e para facilitar a leitura:
list_of_lists = [[1, 2, 3], [4, 5, 6], [7, 8, 9]]
easier_to_read_list_of_lists = [ [1, 2, 3],
[4, 5, 6],
[7, 8, 9] ]
Você também pode usar uma barra invertida para indicar que uma declaração
continua na próxima linha, apesar de raramente fazermos isso:
two_plus_three = 2 + \
3
Uma consequência da formatação do espaço em branco é que pode ser difícil
copiar e colar o código no Python shell. Por exemplo, se você tentasse colar este
código:


for i in [1, 2, 3, 4, 5]:
# note a linha em branco
print i
na Python shell comum, você teria:
IndentationError: expected an indented block
porque o interpretador pensa que a linha em branco determina o final do bloco
do loop for.
IPython tem a função mágica
%paste
, que copia corretamente o que quer que
esteja na área de transferência, espaço em branco e tudo o mais. Apenas isso já é
uma boa razão para usar IPython.
Módulos
Alguns recursos de Python não são carregados por padrão. Isto inclui tanto
recursos como parte da linguagem assim como recursos de terceiros, que você
baixa por conta própria. Para usar esses recursos, você precisará
import
(importar)
os módulos que os contêm.
Uma abordagem é simplesmente importar o próprio módulo:
import re
my_regex = re.compile("[0-9]+", re.I)
Aqui,
re
é o módulo que contém as funções e constantes para trabalhar com
expressões regulares. Após esse tipo de
import
, você somente pode acessar tais
funções usando o prefixo
re

Se você já tiver um
re
diferente no seu código você poderia usar um alias:

Baixar 5.26 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   14   15   16   17   18   19   20   21   ...   75




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal