CoordenaçÃo do curso de letras nivelamento oficina de produçÃo textual professor ozanir roberti / professora sabine mendes


Seu texto deve ter no mínimo 20 linhas e no máximo 25



Baixar 366.77 Kb.
Página30/45
Encontro17.03.2020
Tamanho366.77 Kb.
1   ...   26   27   28   29   30   31   32   33   ...   45
Seu texto deve ter no mínimo 20 linhas e no máximo 25.

AULA 06 – O planejamento da narração

Na aula de hoje, vamos estudar mais detalhadamente de que maneiras o planejamento de uma narração pode gerar um texto rico e interessante.

Ao ler os textos de hoje, lembre-se de sua narrativa, elaborada na aula passada, e tente avaliar de que maneira seu planejamento poderia ser refeito, melhorado ou adaptado para torná-la mais interessante.
Texto 1

SEGURA A ONÇA QUE EU SOU CAÇADOR DE PREÁ

(José Cândido de Carvalho em Os Mágicos Municipais)



            Não passava de um modesto caçador de preá. Era Bentinho Alves, dos Alves de Arió do Pará. Em dia de semana gastava os olhos no pilulador da Farmácia Brito. Em tempo de feriado consumia as vistas no rasto dos preás. Até que resolveu caçar bicho de maior escama:
         - Comigo agora é na onça! Ou mais que onça! Na tal da pantera negra.
         Foi quando deu em Arió do Pará um doutor de erva aparelhado para fazer os maiores serviços de mato adentro. Mediante uns trocados, o curandeiro botava macaco para desgostar de banana e tamanduá correr com perna de coelho. Bentinho, exagerado, mandou que o especial em erva preparasse simpatia capaz de fazer morrer na pólvora de sua espingarda as caças mais grossas, coisa assim no montante de uma capivara de banhado ou uma onça das mais pintadas. E no ardume do entusiasmo:
- Ou mais! É aparecer e morrer.
O curandeiro tirou uma baforada do covil dos peitos e mandou que Bentinho largasse no rodapé do arvoredo mais galhoso uma figa de guiné de sociedade com fumo de rolo e pó de unha de tatu. Bentinho não fez outra coisa. E montado nessa simpatia, uma quinzena adiante, o aprendiz de botica entrava no mato. E bem não tinha dado meia dúzia de passos já o trabalho do curandeiro fazia efeito na forma de uma onçona de três metros de barriga por quatro de raiva. Bentinho, diante daquela montanha de carne e pêlo, largou a espingarda para subir de lagartixa pelo primeiro pé de pau que encontrou na alça de mira. E enquanto subia Bentinho falava para Bentinho:
- Curandeiro exagerado! Isso não é onça para aprendiz de farmácia. Isso é onça para doutor formado. Ou mais!
E voltou para sua caça miúda de preá.

Hora da Reflexão

01 – O título, caso seja bem escolhido, ajuda a preparar o entendimento do texto. Imagine que você está planejando a narração lida e proponha três novos títulos.




  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   26   27   28   29   30   31   32   33   ...   45


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal