Contos caipiras de terror da vovó



Baixar 30.05 Kb.
Página1/4
Encontro29.10.2019
Tamanho30.05 Kb.
  1   2   3   4

CONTOS CAIPIRAS DE TERROR DA VOVÓ

De Gabriel Tonin


PERSONAGENS:

Soninha


Júlio

Chico
INTRODUÇÃO


(os três personagens cantam)
TODOS

História pra boi dormir, contava a vó Antonieta

Dizia sem escrever, não manjava das caneta

Coisa que as criancinha só aguentava com as chupeta

Mistério de lá da estrela, mistério aqui do planeta

A coisa tá feia, que medo, que treta!

Quem não for filho de deus tá na unha do capeta
Tornado que trança os cavalo, era coisa do perneta

E tinha até luz no céu, nem precisava de luneta

O homi que já morreu e que vortô fazê careta

São três conto desse canto, pra ninguém esquecê a letra

A coisa tá feia, que medo, que treta!

Quem não for filho de deus tá na unha do capeta!
SONINHA

Bom dia, boa tarde, boa noite, caros espectadores de idade inferiores! E das realidade paralela das imaginação!


JÚLIO

Já tô ficando com medo antes mesmo de a gente começar.


CHICO

Tem que ficar com medo, não, Júlio! É história de terror, mas tem muita chance de nem precisar acreditar.


JÚLIO

Se minha vó contava era porque era verdade!


SONINHA

As pessoa inventam muita coisa. Pode ser verdade, mas também pode ser mentira.


CHICO

Eu desacredito. Se eu nunca vi, nunca ouvi, então pra mim é história pra boi dormir.


JÚLIO

É muita gente em diferentes lugares do planeta contando quase que as mesmas histórias! Alguma coisa há de ser verdade.


SONINHA

Verdade ou não, eu acho tudo isso muito maravilhoso!


JÚLIO

Maravilhoso? Você é maluca, Soninha? Você não tem medo não?


SONINHA

Eu não!
JÚLIO

Careta no espelho, criatura de uma perna só, bicho interplanetário...! Credo em cruz! Já tô todo arrepiado só de pensar!
CHICO

Pra mim é igual assistir um filme. São tudo atores. Igual nóis aqui. É tudo de brincadeirinha, com bonecos e efeitos especiais. Não tem que ter medo.


SONINHA

Vovó Antonieta era muito criativa. Cada história uma mais doida que a outra.


JÚLIO

Pois ela garante que foi tudo verdade. Eu não duvido.


CHICO

Eu duvido.


SONINHA

Eu duvido e não duvido.


TODOS

(cantam) Foi, foi, foi



Vou contar pro cêis

Não se preocupe com os erro de português

De terror

Vamo contar três

História do sítio não é coisa de burguês.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal