Componente curricular



Baixar 3.97 Mb.
Página92/438
Encontro29.10.2019
Tamanho3.97 Mb.
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   438
t (s)

v (m/s)

1

25

2

20

3

15

em que t é o tempo contado pelo radar desde o instante em que o radar detectou o carro e v é a velocidade instantânea do carro. Supondo que o motorista tenha começado a diminuir a velocidade do carro de forma constante a partir do momento em que o carro é detectado e que a velocidade máxima permitida no trecho controlado pelo radar seja de 90 km/h, é correto afirmar que:

(01) o motorista respeitou, desde o início do trecho, a velocidade máxima permitida.

(02) o motorista diminui a velocidade à razão de 5 m/s a cada segundo.

(04) apenas após 2 s o motorista atingiu o limite de velocidade da estrada.

(08) apenas após 1 s o motorista atingiu o limite de velocidade da estrada.

(16) o carro estava a 972,5 m do posto policial quando atingiu a velocidade máxima permitida.

Dê como resposta a soma dos números das afirmações corretas.

Respostas corretas: (02); (08); (16). Soma = 02 + 08 + 16 = 26



84

A HISTÓRIA CONTA

A queda no plano inclinado

LEGENDA: Galileu Galilei (1564-1642), matemático e físico italiano, descreveu matematicamente o movimento acelerado.

CRÉDITO: Justus Sustermans (detalhe). c.1639. Óleo sobre tela. National Maritime Museum, Greenwich, Londres

Você já ouviu falar que Galileu deixou cair balas de canhão da Torre de Pisa? Em torno de um cientista famoso ou de uma descoberta importante sempre surge uma lenda. Aqui vai mais uma.

Conta-se que, para investigar a queda dos corpos, Galileu soltou balas de canhão e de fuzil, de massas diferentes, do alto da famosa Torre de Pisa, na Itália. Mas, até agora, ninguém tem provas de que isso aconteceu de fato e, se o tivesse feito, talvez não chegasse às mesmas conclusões. O que Galileu fez na cidade de Pisa foram estudos em um plano inclinado, com fins experimentais.

É certo que ele nasceu em Pisa, em 1564, e foi professor de Matemática na universidade da cidade. Lembre que, naquele tempo, não havia divisões de áreas de conhecimento como temos hoje (Física, Matemática, Química etc.). Esses conhecimentos eram reunidos sob o nome de Filosofia natural.

Entre outros estudos, Galileu se debruçou sobre o problema da queda dos corpos, ou sobre o movimento de um corpo em queda livre. Ele queria medir a aceleração dos corpos que caem, mas em queda livre seria bem difícil observar e medir diretamente o movimento.

Foi então que ele teve a ideia de usar um plano inclinado, com o qual poderia analisar o movimento de um corpo que sofre uma aceleração menos acentuada do que a aceleração da gravidade. Galileu deixou rolar balas ou bolas feitas de bronze pelo plano e mediu o tempo em que esses objetos percorriam o plano, ou até a metade do percurso, ou até um quarto, ou até dois terços, ou até um terço, e assim sucessivamente. Das medições que obteve, estabeleceu uma relação entre a distância percorrida e o tempo de queda. Assim, concluiu que a queda dos corpos se dá em um movimento uniformemente acelerado, e não em um movimento acelerado, como se pensava até aquele momento.

A queda dos corpos sempre foi um assunto intrigante para os estudiosos e pensadores. Aristóteles, no século IV a.C., achava que a ação de uma força constante implicaria o movimento uniforme. Ou seja, uma força constante manteria a velocidade.

Por volta de 1600, ao publicar um trabalho no qual relata os estudos com o plano inclinado, Galileu se opõe à teoria aristotélica, em voga há quase dois mil anos.

Talvez hoje o trabalho de Galileu nos pareça algo comum, mas na sua época não era. Com seus estudos sobre o plano inclinado, Galileu começou a dar forma ao que hoje todo cientista experimental faz em seu trabalho. Ele é um dos grandes responsáveis pelo que hoje chamamos de metodologia científica, trocando a abordagem qualitativa, adotada anteriormente, pela abordagem quantitativa e descritiva dos fenômenos observados.

LEGENDA: Diagrama de Galileu sobre o movimento de queda dos corpos.

CRÉDITO: Science Source/Latinstock


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD -> Componente curricular


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   438


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal