Componente curricular


PENSANDO AS CIÊNCIAS: Física e Cinema



Baixar 3.97 Mb.
Página234/438
Encontro29.10.2019
Tamanho3.97 Mb.
1   ...   230   231   232   233   234   235   236   237   ...   438
PENSANDO AS CIÊNCIAS: Física e Cinema

Momento de inércia e angular

Philippe Petit, em 7 de agosto de 1974, fez oito vezes a travessia que separava as duas torres (ainda inacabadas) do World Trade Center em Nova York, por um cabo de aço, a 400 m de altura e sem cabo de proteção. Seu feito entrou para a história, a ponto de dois cineastas contarem essa história: o primeiro foi James Marsh, em 2008 com o filme O equilibrista , documentário que levou o Oscar. O segundo foi Robert Zemeckis, famoso diretor de De volta para o futuro , Forrest Gump: o contador de histórias , entre outros. O filme A travessia, de 2015, recebeu boas resenhas de críticos e público. Para entender a "ciência" dos equilibristas, vamos analisar uma brincadeira de criança: o balanço.

Quando brincava de balanço, o que você fazia para aumentar a velocidade e, consequentemente, ir mais alto? Se alguém estivesse por perto, você poderia pedir a essa pessoa que o empurrasse. Se não houvesse ninguém, dobrando ou esticando as pernas em posições específicas, você também atingia o objetivo. Por quê?

O conceito de momento de inércia é semelhante ao de massa. A resistência a alterações do movimento de translação de um corpo é chamada inércia e é medida pela sua massa inercial. Do mesmo modo, um corpo rígido que gira em torno de um eixo fixo também tende a permanecer rodando, a menos que sofra alguma influência externa. Essa resistência a alterações em seu movimento de rotação é chamada momento de inércia. O momento de inércia está relacionado com a distribuição de massa em relação a um determinado eixo de rotação. Quanto maior o momento de inércia, maior o torque (momento da força) que deve ser aplicado ao corpo para que ele gire mais rápido.

Voltando ao balanço, a maneira de aumentar a velocidade é diminuindo o momento de inércia, distribuindo a massa para perto do eixo de rotação, ou seja, movendo as pernas.

O momento angular é o produto do momento de inércia pela velocidade angular de um corpo em rotação. Ele se conserva quando nenhum torque resultante atua sobre o sistema.

Os equilibristas que andam sobre uma corda esticada levam um bastão comprido para ajudá-los a se equilibrar. Como a maior parte da massa do bastão está longe do eixo de rotação, o momento de inércia do bastão é consideravelmente grande, e se o equilibrista começa a tombar, a inércia rotacional do bastão resiste, dando tempo à pessoa para se reequilibrar. Quanto mais comprido o bastão, melhor. Se o bastão for mais "pesado" nas pontas, facilitará ainda mais o equilíbrio. Na falta de um bastão, o melhor é estender bem os braços para aumentar a inércia rotacional do próprio corpo.

LEGENDA: Cartaz do filme O equilibrista.

CRÉDITO: Filme de James Marsh. O Equilibrista. EUA, 2008

Agora responda


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD -> Componente curricular


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   230   231   232   233   234   235   236   237   ...   438


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal