Componente curricular


Boxe complementar: PENSANDO AS CIÊNCIAS: Física e Tecnologia



Baixar 3.97 Mb.
Página189/438
Encontro29.10.2019
Tamanho3.97 Mb.
1   ...   185   186   187   188   189   190   191   192   ...   438
186

Boxe complementar:



PENSANDO AS CIÊNCIAS: Física e Tecnologia

Energia eólica

Um estudo apresentado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em 2008, verificou que a indústria está com mais de 82% de sua capacidade instalada em atividade.

Em virtude da demanda crescente por energia e da escassez de gás natural, bem como do atraso na construção de novas usinas, o governo tem procurado diversificar sua matriz energética, o que torna a energia eólica uma alternativa.

Segundo o estudo, o Brasil apresenta um potencial em terra de geração eólica de energia da ordem de 143 GW, equivalente a mais de 10 usinas de Itaipu. A título de comparação, todo o parque gerador brasileiro produz atualmente 96 GW.

Chamamos de energia eólica a energia cinética contida na massa de ar em movimento. A origem desse deslocamento deve-se, entre outros fatores, a uma diferença de pressão atmosférica entre duas regiões distintas. Para possibilitar o seu aproveitamento, a energia cinética do movimento da massa de ar é transformada em energia cinética de rotação, com a utilização de turbinas eólicas, também denominadas autogeradores, para a geração de eletricidade. O emprego da energia eólica também ocorre em cata-ventos (e moinhos) para trabalhos mecânicos, como bombeamento de água.

Com base no princípio da força aerodinâmica, a turbina transforma energia eólica em energia elétrica da seguinte forma:

- o vento bate nas pás, criando uma pressão positiva em uma das faces e negativa na outra;

- essa diferença de pressão gera força suficiente para o movimento das pás, transformando a energia eólica em energia mecânica;

- as pás fazem girar o eixo horizontal denominado rotor;

- do acoplamento do rotor a um gerador elétrico, a energia mecânica é transformada em energia elétrica.

CRÉDITO: Editoria de Arte

No que diz respeito à preservação do meio ambiente, essa fonte alternativa de energia contribui para a redução de poluentes atmosféricos e da necessidade de construir grandes reservatórios, em comparação com as usinas térmica e hidrelétrica. Por outro lado, como impactos negativos, encontram-se o fator sonoro (ruídos dos rotores, dependendo da especificação do equipamento), a questão visual (agrupamento de torres) e eventuais interferências eletromagnéticas que poderiam perturbar os sistemas de comunicação e de transmissão de dados.

O Brasil utiliza a energia proveniente dos ventos, mas basicamente apenas no bombeamento de água na irrigação. Existem poucas usinas eólicas destinadas à produção de energia elétrica (a energia eólica responde por apenas 0,5% da energia produzida no país). O primeiro projeto de geração de energia foi desenvolvido na ilha de Fernando de Noronha, para garantir o fornecimento. O Governo Federal visa possibilitar a instalação de novas usinas, principalmente nos litorais do Nordeste e do Sul do Brasil. Desde 1999 foram instaladas as usinas do Mucuripe e da Prainha, no Ceará. As maiores são o Parque Eólico de Osório, no Rio Grande do Sul, que produz 150 MW, e as usinas de Rio do Fogo e Santa Clara, no Rio Grande do Norte.

Fonte de pesquisa: AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA (ANEEL). Energia eólica, Brasília, DF, [21--]. Disponível em: http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/pdf/06-Energia_Eolica(3).pdf. Acesso em: 18 abr. 2016.

LEGENDA: Parque eólico do Mucuripe, em Fortaleza, 2000.

CRÉDITO: Oscar Cabral/Abril Comunicações S/A


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD -> Componente curricular


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   185   186   187   188   189   190   191   192   ...   438


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal