Componente curricular



Baixar 3.97 Mb.
Página136/438
Encontro29.10.2019
Tamanho3.97 Mb.
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   438
- FR: módulo da resultante de todas as forças que agem sobre o corpo;

- m: massa do corpo;

- a: módulo da aceleração adquirida.

CRÉDITO: Editoria de Arte



130

A aceleração de um corpo é diretamente proporcional à força resultante que age sobre ele, inversamente proporcional à sua massa e tem a mesma direção e o mesmo sentido da força resultante.

A unidade de força no SI é o newton (N), que corresponde à força necessária para acelerar a massa de 1 kg a 1 m/s2 .

1 N = 1 kg ∙ 1 m/s2

Boxe complementar:

PENSE E RESPONDA



NÃO ESCREVA NO LIVRO

- Um carrinho está sob a ação de uma força resultante F constante, como mostra a figura.

A partir de dado instante e durante um certo intervalo de tempo, chove verticalmente sobre o carrinho. Descreva a velocidade do carrinho antes e depois da chuva.

Resposta: Antes da chuva, pela ação da força constante sobre o carrinho, sua velocidade estava aumentando uniformemente. À medida que a chuva cai e enche o carrinho de água, sua massa é aumentada e, portanto, a aceleração decresce gradativamente. Isso resulta em diminuição da velocidade.

Fim do complemento.

A força é uma grandeza vetorial. Portanto, para ser definida precisa de uma intensidade ou módulo, uma direção e um sentido. Acompanhe o exemplo a seguir:

Paulo e Francisco aplicam forças de 3 N e 4 N sobre uma caixa de 50 kg que se encontra num chão liso. Podemos dizer o que ocorre com a caixa? Depende da direção e do sentido da aplicação das forças na caixa. Por exemplo, se as forças tiverem a mesma direção e o mesmo sentido:

FR = 4 + 3 ⇒ FR = 7 N

Pela 2ª lei de Newton, temos: FR = ma ⇒ 7 = 50a ⇒ a = 0,14 m/s2

Tudo se passa como se houvesse apenas uma força de 7 N que arrasta a caixa na direção horizontal, da esquerda para a direita, com uma aceleração de 0,14 m/s2 .

Se, por acaso, as forças forem aplicadas à caixa na mesma direção, mas em sentidos opostos:

CRÉDITO DAS ILUSTRAÇÕES: Editoria de Arte

FR = 4 - 3 ⇒ FR = 1 N

Pela 2ª lei de Newton, temos:

FR = ma ⇒ 1 = 50a ⇒ a = 0,02 m/s2

Nesse caso, é como se houvesse apenas uma força de 1 N arrastando a caixa na direção horizontal, da esquerda para a direita, com uma aceleração de 0,02 m/s2 .



131

Se as direções das forças aplicadas à caixa formassem um ângulo de 30°, por exemplo, a caixa seria arrastada na direção da força resultante. Para encontrar o módulo dessa resultante, usamos a lei dos cossenos.

Pela 2ª lei de Newton, temos: FR = ma ⇒ 6,78 = 50a ⇒ a > 0,13 m/s2

Esses resultados nos dão apenas a informação sobre a intensidade da força resultante e da aceleração que agem sobre a caixa.

Para conhecer de forma precisa a direção e o sentido da força resultante, devemos adotar os seguintes procedimentos:


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
FÍSICA%201°%20AO%20%203°%20ANO%20-%20FTD -> Componente curricular


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   438


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal