Como a Revolução 0 irá impactar as políticas fiscais dos novos governos?


Informação retirada da revista The Economist, Frankenstein’s paperclips



Baixar 297.51 Kb.
Página25/28
Encontro17.03.2020
Tamanho297.51 Kb.
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   28
Informação retirada da revista The Economist, Frankenstein’s paperclips

Link: http://www.economist.com/news/special-report/21700762-techies-do-not-believe-artificial-intelligence-will-run-out-control-there-are

    1. Veículos sem motoristas

Esses veículos levantam outras questões éticas, também, especialmente quando se trata de como eles devem se comportar em situações de emergência. Por exemplo, um carro auto-dirigindo pode correr o risco de ferir seus ocupantes para evitar bater em uma criança que surgiu na frente dele? Essas questões não são mais teóricas. Questões como quem é responsável em um acidente, quanto de testes são necessários e como definir padrões precisam ser discutidos agora, diz Hassabis.

Podemos abordar a questão de um ângulo diferente, sugerindo que os pesquisadores da AI têm um imperativo moral de construir carros auto-dirigidos o mais rápido possível para salvar vidas: a maioria das 3.000 pessoas que morrem em acidentes de carro todos os dias são vítimas de erro humano. Mas mesmo se os carros auto-dirigidos são muito mais seguros, diz Daniel Susskind, economista da Universidade de Oxford, as atitudes terão de mudar. As pessoas parecem tolerar mortes na estrada causadas por seres humanos, mas manter as máquinas a padrões muito mais elevados. "Comparamos máquinas à perfeição, não aos seres humanos fazendo as mesmas tarefas", diz ele.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   28


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal