Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo


Os batalhões de jacobinos florianistas



Baixar 2.9 Mb.
Página81/563
Encontro08.10.2019
Tamanho2.9 Mb.
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   563
Os batalhões de jacobinos florianistas

Durante seu governo, o marechal Floriano Peixoto desfrutou de elevada popularidade entre setores pobres dos centros urbanos, principalmente do Rio de Janeiro. Logo no início de seu mandato, articulado com a administração da capital federal, Floriano adotou medidas significativas para enfrentar o alto custo de vida.

O presidente também era popular entre oficiais de baixa patente e soldados do Exército. Essa popularidade aumentou principalmente depois que o marechal se posicionou contra Deodoro da Fonseca no episódio do fechamento do Congresso. Ao tomar posse e restabelecer a vigência da Constituição, Floriano dizia agir em nome dos cidadãos e de setores das Forças Armadas que defendiam a república.

LEGENDA: Charge de Angelo Agostini, publicada na capa da Revista Illustrada, edição 640, de março de 1892. A imagem original foi publicada acompanhada por uma legenda com os dizeres: "A Esfinge: resolva-me ou te devoro". Naquele contexto, o governo federal buscava meios de conter os gastos, ao mesmo tempo em que atendia aos anseios da burguesia. Ao longo desse ano e dos seguintes, para enfrentar os gastos com os conflitos relacionados à segunda Revolta da Armada e à falta de dinheiro no mercado interno, teve de emitir dinheiro, afetando a política monetária do país.

FONTE: Reprodução/Revista Illustrada, ano 16, n. 640, abr. 1892.

Durante a segunda Revolta da Armada, a propaganda governista em jornais e comícios estimulou civis a formarem batalhões armados e a atuarem ao lado do Exército e das forças públicas que apoiavam o governo. Esses agrupamentos civis eram conhecidos como batalhões patrióticos. Muitos desses voluntários se consideravam jacobinos florianistas, associando o ideal de luta popular ao apoio dado ao marechal.

No entanto, o governo não estimulou a dissolução dos batalhões no final da segunda Revolta da Armada. Manteve-os de prontidão para lutar contra os federalistas. Batalhões se deslocaram do Rio de Janeiro para os locais dos conflitos.

A desmobilização dos batalhões só aconteceu sob o governo de Prudente de Morais. Houve resistência a essa determinação. Alguns jacobinistas chegaram a tentar articular um golpe de Estado para destituir Prudente de Morais da presidência. Diante da dificuldade em efetivá-lo, o jacobinista florianista Deocleciano Martyr se envolveu em um atentando frustrado contra a vida do presidente, em 1897. Foi condenado à prisão e seu batalhão foi desativado. Aos poucos, todo o movimento sucumbiu.




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal