Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo



Baixar 0.76 Mb.
Página33/563
Encontro08.10.2019
Tamanho0.76 Mb.
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   563
24

As características da guerra

Para a época em que ocorreu, a Grande Guerra teve uma duração incomum. Inicialmente, os países envolvidos esperavam uma guerra de movimento, rápida, na qual as tropas se deslocam e conquistam outro território. No entanto, nenhuma potência conseguiu vantagem suficiente para sobrepor-se à outra e vencer o conflito. Assim, passou a prevalecer uma guerra de posição, em que o objetivo era não perder terreno e buscar a conquista, pouco a pouco, dos territórios do inimigo, o que tornou as trincheiras a marca registrada da Primeira Guerra Mundial.

Em termos de extensão, a amplitude do conflito também merece destaque. Pela primeira vez, todos os grandes países da Europa entravam em guerra ao mesmo tempo. O conflito foi resultado do sistema de "paz armada", que juntava o armamentismo com alianças que se estendiam pelos continentes com base em interesses comuns entre os governantes dos países. A África foi envolvida na Grande Guerra, pois a maior parte do seu território era composta de colônias europeias. Na Ásia, o governo japonês viu mais vantagens em participar do conflito do que se manter neutro e declarou guerra à Alemanha, interessado nas bases alemãs na China. Os chineses, por sua vez, entraram na guerra, pelo menos nominalmente, para não se inferiorizarem diante do Japão. O Império Turco Otomano foi arrastado para a guerra ao lado da Áustria e da Alemanha.

Em termos de intensidade, a Primeira Guerra Mundial pode ser considerada a primeira experiência de "guerra total", aquela que exige que todos os habitantes de um país e todas as suas forças se voltem para sustentar as tropas com recursos materiais e humanos. Como os Estados envolvidos no conflito passaram a dirigir a economia para o esforço nacional de guerra, atingir a economia e a produção do inimigo passou a ser uma estratégia. O resultado foi um elevado número de mortes de civis. O conflito também impulsionou o avanço tecnológico bélico e utilizou recursos psicológicos: bombardeava-se a população civil nas cidades distantes dos fronts para abater o moral dos adversários. Essa prática seria tristemente comum nas guerras do século XX.

LEGENDA: Ruínas da cidade de Ypres, na Bélgica, destruída pelos alemães durante a Primeira Guerra Mundial.

FONTE: Print Collector/GettyImages




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal