Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo



Baixar 2.9 Mb.
Página200/563
Encontro08.10.2019
Tamanho2.9 Mb.
1   ...   196   197   198   199   200   201   202   203   ...   563
Os domínios do Eixo (1939-1945)

LEGENDA: As potências do Eixo chegaram a dominar grandes extensões territoriais na Europa, na Ásia e na África.

FONTE: Adaptado de: FRANCO JR., Hilário; ANDRADE FILHO, Ruy de O. Atlas história geral. São Paulo: Scipione, 2000. p. 73.

FONTE: Banco de imagens/Arquivo da editora



147

Um dos aspectos mais controversos da participação dos Estados Unidos na guerra foi o tratamento dado à população estadunidense de origem japonesa. Desconfiando de sua lealdade, o governo deteve milhares de pessoas em campos de internamento durante o conflito. A população norte-americana de origem alemã ou italiana não sofreu o mesmo tipo de tratamento durante a Segunda Guerra, sugerindo que a detenção de nipo-americanos teve fundamento racista.

Até o início de 1942, a Alemanha, a Itália e o Japão dominaram a guerra, conquistando regiões da Europa, África e Ásia. A partir de então, iniciou-se a derrocada do Eixo Roma-Berlim-Tóquio, pondo fim à expansão totalitária.

O confronto entre nazistas e soviéticos na Batalha de Stalingrado (atual Volgogrado) durou vários meses e levou ao aniquilamento da ofensiva alemã em fevereiro de 1942. A situação da guerra se inverteu e passou a ser de progressivo avanço soviético contra a Alemanha. Formava-se a primeira frente aliada, que marcharia em direção a Berlim.

No norte da África, em 1943, um exército anglo-americano derrotou as tropas do Eixo na Batalha de El Alamein, no Egito. A vitória deu aos aliados o controle do Mediterrâneo e possibilitou o desembarque de tropas na Itália, abrindo uma segunda frente aliada de avanço sobre a Alemanha. Em setembro do mesmo ano, a Itália se rendeu depois de o rei italiano destituir Benito Mussolini do poder. No mês seguinte, o novo governo italiano declarou guerra à Alemanha.

LEGENDA: Soldado soviético hasteia a bandeira de seu país em edifício de Berlim, em maio de 1945.

FONTE: Yevgeny Khladei/Corbis Latinstock

A terceira frente aliada foi criada a partir do Dia D, em 6 de junho de 1944, quando mais de 100 mil soldados ingleses e norte-americanos desembarcaram nas praias da Normandia, no norte da França, na Operação Overlord. Pouco depois, Paris foi libertada, enquanto as três frentes convergiram sobre a Alemanha.

A primeira frente aliada foi a primeira a chegar a Berlim, dando o golpe final sobre o Terceiro Reich. Em 1º de maio de 1945, a bandeira vermelha da União Soviética foi hasteada no alto do Reichstag, o antigo Parlamento alemão. Hitler e Mussolini morreram poucos dias antes da rendição final (8 de maio), em circunstâncias dramáticas. O Duce, justiçado por populares em Milão; o Führer, por suicídio, em Berlim.

LEGENDA: O Dia D: forças aliadas desembarcam na Normandia, costa noroeste francesa, abrindo uma terceira frente de avanço contra a Alemanha. Na foto, desembarque de soldados norte-americanos na praia de Omaha, em junho de 1944. No detalhe, soldados nos navios de desembarque da operação.

FONTE: Corbis/Latinstock

FONTE: Bettmann/Corbis/Latinstock



148

No Oriente, o conflito persistiu por mais dois meses. Os Estados Unidos avançaram progressivamente, cercando o Japão, e passaram a dominar o conflito no Pacífico. Em 6 de agosto de 1945, os norte-americanos lançaram um novo e poderoso artefato bélico sobre a cidade de Hiroxima: a bomba atômica. Três dias depois, outra bomba atômica foi lançada sobre Nagasáqui. A rendição incondicional do Japão foi obtida em 19 de agosto, que oficializou o final da guerra.

Leia no boxe abaixo uma experiência com a bomba, idealizada pelo físico Robert Oppenheimer (1904-1967) como parte do projeto Manhattan.

Boxe complementar:




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   196   197   198   199   200   201   202   203   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal