Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo


1. A sociedade brasileira em transformação



Baixar 2.9 Mb.
Página155/563
Encontro08.10.2019
Tamanho2.9 Mb.
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   563
113

1. A sociedade brasileira em transformação

Em 1920, o Brasil já não tinha apenas 14 milhões de habitantes, como em 1890. Em 1920, a população brasileira alcançou 27 milhões e em 1930 chegou a 33 milhões. Esse crescimento foi seguido de uma forte urbanização. As capitais dos estados cresciam rapidamente e algumas cidades transformaram-se em metrópoles, como Rio de Janeiro e São Paulo. O país deixou de se assemelhar a uma grande fazenda sob o controle dos coronéis, como diziam os críticos da ordem oligárquica.

Apesar de a maioria da população ainda ser rural, a vida urbana trazia novos personagens, inventos, hábitos e costumes, como o telefone, o teatro, o rádio, o futebol, o automóvel e o avião. O Teatro Municipal do Rio de Janeiro, inaugurado em 1909, é um exemplo do ritmo veloz de crescimento pelo qual o Brasil passava. Entre 1910 e 1930, o teatro abrigou o elevado número de 595 espetáculos líricos. Composições de autores italianos, franceses, alemães, brasileiros e russos foram apresentadas nesse período.

É ilustrativo dos novos tempos urbanos que o primeiro samba, gravado em 1916, tenha o título "Pelo telefone". Trata-se de uma composição de Ernesto dos Santos, o Donga, com letra do jornalista Mauro de Almeida.

Outro registro dos novos ares foi a introdução do futebol, atribuída a Charles William Miller (1874-1953), um paulistano filho de um engenheiro escocês que teria trazido o esporte para o Brasil em 1894. Inicialmente, o futebol era praticado no país como diversão e entretenimento da elite, como destaca a revista Sports em seu primeiro número, publicado em agosto de 1915:

[...]


o futebol é um esporte que só deve ser praticado por pessoas da mesma educação e cultivo.

[Se formos] obrigados a jogar com um operário [...] a prática do esporte torna-se um suplício, um sacrifício, mas nunca uma diversão.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. A dança dos deuses: futebol, cultura, sociedade. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. p. 63.

Contudo, enquanto eram criadas ligas de futebol que agregavam clubes de elite, surgiam também times improvisados por setores populares, apesar de dificuldades como preconceito, disponibilidade de gramados, custo dos uniformes, chuteiras e bolas, etc. Aos poucos, esses times foram ganhando seu espaço e o envolvimento da população com o esporte cresceu.

O clima de mudanças também chegou ao ensino. Diferentemente da América espanhola e inglesa, cujo acesso ao ensino superior deu-se ainda no período colonial, no Brasil, as primeiras faculdades foram fundadas somente com a vinda da família real portuguesa, no início do século XIX. Durante um longo período existiam apenas algumas poucas instituições de ensino superior. Foi só em 1920 que o presidente Epitácio Pessoa, que governou entre 1919 e 1922, criou, por decreto, a primeira universidade brasileira - a Universidade do Rio de Janeiro, reunindo as antigas faculdades de Medicina, Engenharia e Direito. Aos poucos, novas faculdades foram incorporadas a ela como a Faculdade de Filosofia e a Escola de Belas Artes, ampliando assim a oferta de cursos superiores no Brasil. Em 1927 foi fundada a Universidade de Minas Gerais. No entanto, esses poucos núcleos universitários continuaram predominantemente restritos a uma pequena parcela da população.

Boxe complementar:

Veja abaixo os períodos e os lugares em que se passaram os principais eventos do capítulo.

Fim do complemento.



Onde e quando

LEGENDA: Linha do tempo esquemática. O espaço entre as datas não é proporcional ao intervalo de tempo.

FONTE: Banco de imagens/Arquivo da editora


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal