Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo


Revolta do Contestado (1912-1916)



Baixar 0.76 Mb.
Página113/563
Encontro08.10.2019
Tamanho0.76 Mb.
1   ...   109   110   111   112   113   114   115   116   ...   563
Revolta do Contestado (1912-1916)

No sul do país, a população sertaneja que vivia na fronteira entre os estados de Santa Catarina e Paraná também enfrentou tropas militares, no movimento conhecido como Revolta do Contestado. Essa população resistiu por muitos meses à violência promovida pelas oligarquias e pelo governo federal. No entanto, as características religiosas dessa população e os motivos para terem organizado a revolta eram bem diferentes dos manifestados no arraial de Canudos. O principal motivo da revolta foi a questão da posse e do uso de terras. Após a proclamação da República, as áreas desocupadas passaram a ser jurisdição do governo central. Parcelas dessas terras eram transferidas para os coronéis alinhados aos governadores, o que reforçava as alianças oligárquicas.

Naquela região, no entanto, parte das terras estava ocupada por posseiros, pequenos criadores de gado e lavradores que ali viviam livremente até a proclamação da República. Porém, com as transferências das terras para os coronéis, esses grupos passaram à condição de intrusos, sujeitos à perseguição de jagunços (enviados pelos próprios coronéis, que agora se viam na condição de proprietários).

No final do século XIX, as primeiras propriedades foram demarcadas em uma grande região de mata nativa localizada no oeste do atual estado de Santa Catarina. Essas terras eram ocupadas por sertanejos e algumas aldeias indígenas, e nelas se praticava a atividade extrativista de mate e a criação de gado, cuja produção era exportada para outros estados. No entanto, como a região não tinha limites definidos, ela se tornou foco de uma intensa disputa entre coronéis e chefes das oligarquias. Sua jurisdição era disputada pelos mandatários dos estados de Santa Catarina e Paraná, daí a denominação da revolta: Contestado.

Glossário:

mandatários: governantes, autoridades civis, militares e toda a burocracia que acomoda a ordem governamental estatal.

Fim do glossário.

A tensão se agravou nos anos iniciais do século XX, quando o governo brasileiro concedeu à Brazil Railway Company, do empresário estadunidense Percival Farquhar, uma vasta área para a construção da linha ferroviária que ligaria São Paulo ao Rio Grande do Sul. No acordo, estipulou-se que a companhia se tornaria proprietária de 15 quilômetros de área ao lado de cada margem da ferrovia, sem considerar a população de indígenas e sertanejos que habitavam essas terras.


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   109   110   111   112   113   114   115   116   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal