Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo



Baixar 2.9 Mb.
Página106/563
Encontro08.10.2019
Tamanho2.9 Mb.
1   ...   102   103   104   105   106   107   108   109   ...   563
77

1. República para quem?

A ordem política implantada a partir da proclamação da República no Brasil revelou o caráter elitista daqueles que tomaram o poder e passaram a exercê-lo.

O direito ao voto praticamente exclusivo aos homens alfabetizados, conforme definido na Constituição de 1891, era um exemplo desse elitismo. Outro era a Política dos Governadores, arranjo político criado a partir de 1898 pelo governo Campos Sales. Com ela, o poder das oligarquias nos Estados foi reforçado, revigorando antigas relações de dependência e coerção entre proprietários de terras e trabalhadores, letrados e iletrados, elegíveis e eleitores.

A manutenção dos latifúndios como fonte de poder econômico e político, as práticas trabalhistas que se assemelhavam à escravidão e o elevado número de analfabetos na sociedade reforçaram a desigualdade entre as elites e a maioria da população. A situação era ainda mais acentuada nas regiões interioranas distantes dos grandes centros.

A modernidade e o progresso propagados pelos republicanistas não chegaram à grande maioria dos brasileiros. Vamos estudar neste capítulo algumas manifestações de caráter popular que ocorreram tanto nas cidades como nos sertões do país. A população brasileira não assistiu aos acontecimentos de maneira "bestializada", como teria ocorrido no dia da proclamação da República, na visão de Aristides Lobo (veja o texto no capítulo anterior).

LEGENDA: Largo do Machado, estação da Companhia Ferro-Carril do Jardim Botânico. Ao fundo, as palmeiras do jardim do Palácio do Catete. Evidências da modernidade na cidade do Rio de Janeiro em foto de 1906.

FONTE: Augusto Malta/Acervo George Ermakoff

Boxe complementar:

Veja abaixo os períodos e os lugares em que se passaram os principais eventos do capítulo.

Fim do complemento.



Onde e quando

LEGENDA: Linha do tempo esquemática. O espaço entre as datas não é proporcional ao intervalo de tempo.

FONTE: Banco de imagens/Arquivo da editora


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 2 Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Cláudio Vicentino Bruno Vicentino Olhares da História Brasil e mundo
OLHARES%20DA%20HISTÓRIA%20BRASIL%20E%20MUNDO%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SCIPIONE -> Olhares da História 1 Brasil e mundo Manual do Professor Cláudio Vicentino


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   102   103   104   105   106   107   108   109   ...   563


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal