Capítulo quinto Antigas e modernas visões do mundo Sumário


nenhuma relação com a figura aparente do agrupamento de estrelas assim denominadas. Portanto, seria inútil procurar essas formas no céu



Baixar 25.15 Kb.
Página23/23
Encontro17.03.2020
Tamanho25.15 Kb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   23

nenhuma relação com a figura aparente do agrupamento de estrelas assim denominadas. Portanto, seria inútil procurar essas formas no céu.

A crença na influência das constelações, principalmente nas que constituem os doze

signos do zodíaco, origina-se da ideia ligada aos nomes que elas têm; se à constelação

que se chama leão fosse dado o nome de asno ou de ovelha, certamente lhe teriam

atribuído uma outra influência

14. Desde então, estava aberto o caminho onde ilustres e numerosos sábios iam entrar para completar a obra iniciada. Na Alemanha, Kepler descobriu as célebres leis que têm o seu nome e com a ajuda das quais ele verificou que os planetas não descrevem órbitas circulares, mas elíticas, das quais o Sol ocupa um dos focos. Newton, na Inglaterra, descobriu a lei da gravitação universal. Laplace, na França, criou a mecânica celeste. Finalmente, a Astronomia já não é um sistema criado sobre conjeturas ou probabilidades, mas uma ciência estabelecida sobre as mais rigorosas bases do cálculo e da geometria. Deste modo ficou assente uma das pedras fundamentais da Génese.

Graças à tipografia, o público, iniciado nas novas ideias, começou a não se deixar

embalar por ilusões e a tomar parte na luta. Já não era só contra alguns indivíduos

que os defensores dos preconceitos precisavam de combater, mas contra a opinião

geral, que tomava a defesa da verdade.

Como é grande o Universo, perto das mesquinhas dimensões que os nossos pais lhe

atribuíram! Como é sublime a obra de Deus, quando a vemos cumprir-se segundo as eternas leis da natureza!

Mas também, quanto tempo, quantos esforços e devotamento foram necessários aos génios para descerrar os olhos, e arrancar, afinal, a venda da ignorância!

Fim do capítulo V

Fim do capítulo V




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   23


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal