Capa do catálogo catálogo: teses, dissertaçÕes e monografias natal 2012


TÍTULO: A DIMENSÃO ÉTICA DO CINEMA DE WALTER SALLES: HOSPITALIDADE, RELIGAÇÃO E PERDÃO



Baixar 233.28 Kb.
Página6/24
Encontro09.02.2022
Tamanho233.28 Kb.
#21508
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   24
2009
TÍTULO: A DIMENSÃO ÉTICA DO CINEMA DE WALTER SALLES: HOSPITALIDADE, RELIGAÇÃO E PERDÃO

AUTOR: Bruna Daniela Hetzel de Macedo

ORIENTADOR: Alexsandro Galeno Araújo Dantas

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais - 2009

 

Destacando a relevância das transformações do discurso político no cinema brasileiro atual, este estudo empreende uma análise da dimensão ética do cinema de Walter Salles. Para tal, partimos de três filmes longa-metragem do diretor: Terra Estrangeira, Central do Brasil e Abril Despedaçado. Os filmes selecionados compõem os destacados capítulos da dissertação, que se apresentam em formato ensaístico, se articulando a diferentes dimensões da ética: a hospitalidade, a religação e o perdão. No texto, essas dimensões éticas emergem a partir das narrativas, sobretudo das experiências existenciais dos protagonistas e de seus singulares encontros com a alteridade, e dialogam com reflexões de autores como Edgar Morin, Zigmunt Bauman, Julia Kristeva, Paul Ricoeur e Hannah Arendt. Articulam-se assim, diferentes registros do conhecimento: artístico, científico e religioso, que dialogam em patamar de igualdade. A pesquisa faz uso de materiais múltiplos que incluem, além dos filmes mencionados e seus respectivos roteiros, a referência a outros longametragens e documentários do diretor, assim como making-offs, entrevistas, e interpretações de comentadores como Lucia Nagib, Luiz Zanin Oricchio, Ivana Bentes, Pedro Butcher e Jurandir Freire Costa.



TÍTULO: A FESTA DO BOM JESUS DOS NAVEGANTES EM PROPRIÁ, SE

AUTOR: Adelina Amélia Vieira Lubambo De Britto

ORIENTADOR: Orivaldo Pimentel Lopes Júnior

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais – 2009


Tem como tema a festa do Bom Jesus dos Navegantes em Propriá – SE. Por tratar-se de um acontecimento religioso, buscou-se mostrar que as festas religiosas de modo geral têm significados particulares para cada povo ou região. As brasileiras, independentes de onde aconteçam, são manifestações populares que, conforme o contexto em que se apresentam, podem diluir, cristalizar, celebrar, ritualizar ou sacralizar a experiência social particular dos grupos que as realizam. Acontecem como forma de agradecer vitórias alcançadas ou passagens religiosas importantes como o Natal, celebração aos santos juninos, santos padroeiros e os considerados santos protetores. Assim, a Festa do Bom Jesus dos Navegantes de Propriá vem nos instigar a questionar: por que uma festa de um santo protetor se sobressai à festa do santo padroeiro?

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NO PROCESSO PEDAGÓGICO

AUTOR: Emerson Ricardo Alves da Silva

ORIENTADORA: Maria da Conceição Xavier de Almeida

Graduação em Pedagogia – 2009
Conhecer os principais motivos que levaram ao descaso, ao desinteresse e à falta de comprometimento da família dos educandos é o objetivo desta pesquisa. Consideramos a influência e a participação da família no início da vida escolar, pois acreditamos que seja a fase onde essa participação se faz mais necessária. É nesse intervalo de tempo que, para a Psicologia, ocorre uma fase conhecida como período de latência, que vai aproximadamente dos 5 aos 13 anos de idade. Nessa época da vida, a criança absorve com mais propriedade as influências exteriores que lhes são mais próximas. A monografia aborda um dos mais problemáticos conflitos entre corpo docente e alunos, que é a falta de compromisso dos pais no ambiente escolar.

TÍTULO: ALFABETIZAÇÃO ECOLÓGICA: DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO PLANETÁRIA

AUTOR: Williane de Sena Barbosa

ORIENTADORA: Wani Fernandes Pereira

Graduação em Pedagogia – 2009
Apresento e construo nessa monografia, alguns argumentos que contribuam para se repensar numa abordagem no campo de uma educação ambiental, tendo como espaço de aprendizagem a base de pesquisa Grupo de Estudos da Complexidade – GRECOM/UFRN, que busca refletir acerca dos desafios postos para a ciência e a educação no século XXI. Nesse sentido, defendo a possibilidade de se adotar estratégias de formação coerentes com os desafios e complexidades do planeta, chamando a atenção para uma possível “reforma da educação” que passa por uma reforma do sujeito, tal como defendida por Edgar Morin (2007).

TÍTULO: A PEDAGOGIA DA FRATERNIDADE ECOLÓGICA E A FORMAÇÃO TRANSDISCIPLINAR PARA O ENSINO EDUCATIVO

AUTOR: Samir Cristino de Souza

ORIENTADORA: Maria da Conceição X. de Almeida

Tese de Doutorado em Educação – 2009
A “Pedagogia da Fraternidade Ecológica” é defendida nesta tese e construída a partir de um novo referencial cosmológico, fundamentado na Grande Narrativa do Universo; inspirada no modo de vida fraterna, no amor, na poesia e na sabedoria de São Francisco de Assis (Itália, séc. XII-XIII); na vivência dos saberes tradicionais e da “lógica do sensível” (Lévi-Strauss) de Francisco Lucas da Silva, morador da comunidade de Areia Branca, às margens da Lagoa do Piató, no município de Assu (RN). A partir desses referenciais e inspiração apontados, elaboro uma proposta de formação para os educadores: “Formação Transdisciplinar para o Ensino Educativo”, na qual desenvolvo o que denomino “Arquitetura Transdisciplinar de Saberes para o Ensino Educativo”, fundada nos princípios da complexidade e da transdisciplinaridade.

TÍTULO: A SOMBRA SOB AS CHAMAS: A EMERGÊNCIA DO SUJEITO PELA ESPERIÊNCIA DOS “NÃO-LUGARES” NA INQUISIÇÃO MEDIEVAL

AUTOR: Ana Paula Silva Souza

ORIENTADORA: Josineide Silveira de Oliveira

Especialização em Ciências da Religião – 2009

 

Ao significar os espaços de acordo com suas funções, o ser humano ordena o mundo, atribuindo-lhe características partindo de suas próprias vivências. Durante a Idade Média, coube à Igreja Católica dispor sobre as espacialidades, tanto “concretas” quanto aquelas referentes à “geografia do além” – termo usado por Jacques Le Goff. Como representante direto de Deus, o clero orientava o rebanho de fiéis (visto que naquele período não havia a ideia de sujeito, como afirma Luis Cláudio Figueiredo). A Igreja era a voz que dizia à massa onde era seguro estar – nos lugares onde Deus manifestava-se em sua glória – e quais os lugares habitados pelo Demônio – que deviam ser não apenas evitados, mas rechaçados. Diante disto, o presente trabalho propõe uma reflexão acerca das especialidades no período medieval, usando o simbolismo da luz e da sombra, bem como a emergência da individualidade na figura das feiticeiras perseguidas pela Inquisição Católica.



TÍTULO: A REESTRUTURAÇÃO DA RELIGIOSIDADE CATÓLICA COM A EXPULSÃO DOS JESUÍTAS DE SERGIPE

AUTOR: Roberto Souza Santos

ORIENTADOR: Orivaldo Pimentel Lopes Júnior

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais – 2009


Este trabalho trata da construção da ordem de Jesus, dos projetos missionários e colonizadores que marcaram a presença dos missionários jesuítas, desde a colonização até a reestruturação religiosa imposta após a expulsão da ordem jesuítica em Sergipe. Expulsão esta que aconteceu em meio a mudanças político-administrativas tomadas pelo governo português em meados do século XVIII, que tinham na representação do Marquês de Pombal seu idealizador. Busca-se compreender a reestruturação religiosa e social, aqui concebida nas práticas e nas representações populares e oficiais. Essa reestruturação da religiosidade teve nas confrarias, irmandades, ordens terceiras e demais representações importante presença simbólica nos espaços sociorreligiosos ligados às práticas católicas em Sergipe. Essa representação oficialmente passou a ter nos vigários colados seus representantes legais, na manutenção das práticas religiosas nas freguesias e cidades sergipanas.

TÍTULO: ATOS, CENAS E AÇÕES: ENCENAÇÕES TEATRAIS DO MULTICAMPIARTS NO PARÁ.

AUTOR: Inês Antônia Santos

ORIENTADORA: Ana Lúcia Assunção Aragão

Dissertação de Mestrado em Educação – 2009
A pesquisa analisa o fazer teatral no âmbito do Programa Multicampiartes da Universidade Federal do Pará, principalmente com relação ao processo metodológico desenvolvido nas oficinas de teatro, nas cidades de Castanhal, Abaetetuba e Altamira. A análise tem como base os desdobramentos do fazer teatral como prática educativa e a articulação dos saberes dos artistas locais com os saberes dos professores do Programa. Acreditamos que essa articulação mediada pelo fazer teatral contribui para a tomada de consciência de desejos, valores e inspirações, permitindo a ampliação da sensibilidade e do juízo crítico do cidadão, tornando-o mais participativo e preparado para as escolhas no caminho da cidadania e da hominização. Fundamentamo-nos, especialmente, nas ideias de Paulo Freire (1987, 1981, 1996) e Augusto Boal (1991, 2003).

TÍTULO: CAMPO E CONTRACAMPO DO CORPO: O ENCONTRO COM O OUTRO NO FILME LAVOURA ARCAICA.

AUTOR: Ana Cecília Aragão Gomes

ORIENTADORA: Josimey Costa da Silva

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais – 2009

 

Esta dissertação trata do encontro com o outro no cinema. Para isso, acolhe a dúvida, a incerteza, o inacabamento do ser humano como postura de observação. Leva em consideração os múltiplos vetores sociais, históricos, subjetivos, temporais e culturais que constituem esses fenômenos. O cinema é usado como recurso cognitivo a fim de incorporar o poético e o imaginário, possibilitando o não esquecimento de gestos e dos saberes que eclodem dos sons, cores, lembranças, imagens, palavras, trocas sociais, reciprocidades cognitivas que nos permitem pensar a cultura, sociedade e a comunicação.



TÍTULO: COMPOR E EDUCAR PARA DESCONTEXTUALIZAR

AUTOR: Carlos Alberto Pereira da Silva

ORIENTADORA: Maria da Conceição X. de Almeida

Tese de Doutorado em Educação – 2009


Industrialização, urbanização acelerada, aumento da riqueza material, expansão da sociedade de consumo, estímulo à competição e degradação ambiental configuram múltiplas dimensões do desenvolvimento existente no Brasil nos últimos quarenta anos. Ao refletir acerca desse processo, esta tese funda-se na compreensão de que a ânsia do desenvolvimento é reveladora da existência de um imaginário autocolonizado, como diz Serge Latouche, entre parcelas consideráveis da população brasileira. Para sair fora da linha, inventar novos caminhos, anunciar conhecimentos proibidos, discutir hipóteses não plausíveis, ideias inacabadas, apresento a noção de DESdesenvolvimento como um operador cognitivo potencializador da descolonização do imaginário descortinada por diversas canções de compositores brasileiros.
TÍTULO: DAS PALAVRAS À VIDA: O PRAZER EM MAX WEBER

AUTOR: Paulo Henrique Façanha de Miranda

ORIENTADORA: Maria da Conceição X. de Almeida

Tese de Doutorado em Ciências Sociais – 2009


A tese tem por objetivo discutir a temática do prazer como um assunto intelectual e pessoal para Max Weber. Tem-se por referências principais as próprias obras de Weber. A respeito de sua vida vários autores foram consultados, com destaque para a biografia escrita por sua esposa Marianne Weber, por ter uma grande quantidade de trechos de cartas e conversas informais. O tema do prazer foi desenvolvido levando em consideração a complexidade desse fenômeno e que sua realização ocorre de forma ambivalente e múltipla.
TÍTULO: DE SOCIALIDADE MEDIADAS E DO HOMER - A PROPÓSITO DO ESPECTADOR-REATIVO EM JESÚS MARTÍN-BARBERO

AUTOR: Alexandre Honório da Silva

ORIENTADORA: Josimey Costa da Silva

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais - 2009

 

A dissertação procura analisar o espectador contemporâneo propondo para tanto uma revisão bibliográfica em torno da literatura do pesquisador espanhol, radicado na Colômbia, Jésus Martín- Barbero. O trabalho procura compreender o espectador como componente/agente/objeto dos processos de produção de sentido. A dissertação também procura apresentar o espectador/consumidor das mídias como componente possível da cartografia pretendida por Martín-Barbero à interpretação dos processos massivos contemporâneos e do seu conceito de Mapa Noturno.


TÍTULO: DIÁLOGOS E HISTÓRIAS DE VIDA: DESAFIOS ÉTICOS E EPISTEMOLÓGICOS DA INTERSUBJETIVIDADE

AUTOR: Leuzene jeqne de Vasconcelos Salgues

ORIENTADORA: Ana Lucia Assunção Aragão

Tese de Doutorado em Educação - 2009

 

Este trabalho destaca a importância do pensamento complexo e dialógico como instrumento favorável ao desenvolvimento da compreensão de si, do outro e do mundo, tendo a cooperação como necessidade e valor determinante. Apresenta-se a construção das estratégias dialógicas e de pesquisa autobiográfica e formação, estabelecidas a partir de narrativas de histórias de vida e a vivência dos desafios éticos da intersubjetividade nos grupos de dialogo estabelecidos neste estudo.compartilha-se a ideias de vários autores, tais como: Edgar Morin, David Bohm, entre outros.



 

TÍTULO: EDUCAR PARA O TRÂNSITO: “PENSAR GLOBAL E AGIR LOCAL”.

AUTOR: Emmili Borges Cabral

ORIENTADORA: Profª Drª Wani Fernandes Pereira

Graduação em Pedagogia - 2009

 

Esta monografia aborda a educação para o trânsito no contexto atual, que requer uma forma de estratégias que dê conta de sua complexidade. Nesse sentido para a construção e desenvolvimento da investigação algumas escolhas foram determinantes para definir um ponto de partida e chegada às escolas, às coordenações pedagógicas e às professoras, aos coordenadores de projetos desenvolvidos pelo DETRAN e STTU, para realização das entrevistas e, também para consultas a documentos.


TÍTULO: E SE UMA LENDA FOSSE A ESCOLA: UM LUGAR DOS SABERES DA TRADIÇÃO NO ENSINO DA HISTORIA

AUTOR: Juliana Venceslau de Oliveira

ORIENTADORA: Profª Drª Wani Fernandes Pereira

Graduação em Pedagogia- 2009

 

Este trabalho aborda o processo de ensino-aprendizagem no contexto da educação formal, que continua tendo por modelo especifico: o conhecimento científico impresso nos livros, como único saber capaz de responder às questões do nosso tempo. Em pleno século XXI, o que é da ordem dos saberes não científicos, ainda é visto como saberes menores, secundários. No campo da história e da cultura, as lendas, as fábulas, dentre tantas outras manifestações e representações de compreender o mundo, não são recrutados no campo cognitivo como estratégias pedagógicas possíveis.


TÍTULO: FRANKENSTEIN, O PROMETEU MODERNO: CIÊNCIA, LITERATURA E EDUCAÇÃO

AUTOR: Renato Pereira Figueiredo

ORIENTADORA: Maria da Conceição X. de Almeida

Tese de Doutorado em Educação – 2009

 

A partir sobretudo dos estudos do antropólogo Bruno Latour, nos quais se mostra a importância da retórica e das estratégias institucionais na fabricação das verdades científicas; das hipóteses a respeito do caráter ambíguo das ciências levantadas por Isabelle Stengers, e das ideias de Edgar Morin sobre a necessidade de se combater o pensamento fragmentador e religar cultura científica e cultura humanística, a tese discute a relação do homem com seus artefatos; o desafio das descrições dos fenômenos e de suas propriedades; do diálogo entre os humanos e as várias dimensões da matéria, e da responsabilidade que deveria vir com todos os avanços científicos. Victor Frankenstein, sua criatura, Brown-Séquard e a testosterona sintética são atores que ajudam a compor o panorama cognitivo da pesquisa que estende os limites da ciência e do social ao coletivo de não-humanos e reivindica uma reforma do pensamento e da educação que os inclua.


TÍTULO: MARIAS: BIOPOLÍTICA, VIDA NUA E RESILIÊNCIA

AUTOR: Michelle Ferret Badiali

ORIENTADOR: Alexsandro Galeno Araújo Dantas

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais - 2009

 

A partir da narrativa de vida de três mulheres, Maria Firmino (moradora de rua), Maria José (moradora de um hospital psiquiátrico) e Maria de La Luz Cervantes (personagem fictícia do conto de Gabriel Garcia Márquez, interna acidentalmente num hospital psiquiátrico), a dissertação “Marias: Biopolítica, Vida Nua e Resiliências” traz as teorias de Giorgio Agamben referente à Vida Nua e Homo Sacer, Michel Foucault com a biopolítica e as resiliências escritas por Boris Cyrulnik. São nas histórias de vida destas três mulheres que a dissertação desenvolve um campo de concentração imaginário para trabalhar a sujeição de suas vidas e corpos ao poder externo, à biopolítica.



TÍTULO: MUSEU VIVO: UMA ANÁLISE DO MUSEU CÂMARA CASCUDO

AUTOR: Nara da Cunha Pessoa

ORIENTADOR: Alexsandro Galeno Araújo Dantas

Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais – 2009

 

Esta dissertação desenvolveu-se a partir da pesquisa de campo no Museu Câmara Cascudo (MCC) e da pesquisa teórica em museologia, aprofundando a ideia de museu como ambiência da cultura. A análise feita no MCC, incluindo sua história, seu funcionamento, suas principais atividades e suas exposições, ilustram uma parte da nossa pesquisa. A outra parte é composta por considerações teóricas feitas a partir da leitura de autores como Bauman, Lévi-Strauss, Morin, Kristeva, Foucault, Le Goff, entre outros.


TÍTULO: O DIÁLOGO DAS HIEROFANIAS NO ESPAÇO: O ENCONTRO ENTRE SAGRADO E PROFANO ATRAVÉS DA ARQUITETURA

AUTOR: Cecília Batista Palhano Galvão

ORIENTADORA: Josineide Silveira de Oliveira

Especialização em Ciências da Religião – 2009

 

O presente trabalho aborda a questão do diálogo hierofânico entre arquitetura e arquitetura e espaço mediante o encontro entre sagrado e profano. Busca descobrir as hierofanias expressas nos projetos arquitetônicos, conduzindo o homem ao encontro com o sagrado. A arte, através de expressões diversas, seja através da dança, da música, poesia, teatro, pintura, escultura ou da arquitetura, conduz o indivíduo a se comunicar com o extraordinário, permitindo assim um encontro consigo e com o transcendente. O sagrado, assim como a arte possibilita o reencontro. A arte é o meio, o caminho possível para o sagrado. O estudo se consuma numa proposta transdisciplinar e complexa.


TÍTULO: O ENSINO ETNOMATEMÁTICO E AS BRINCADEIRAS INFANTIS

AUTOR: Silvania Gomes de Sena

ORIENTADOR: Iran Abreu Mendes

Graduação em Pedagogia – 2009

 

A insatisfação que se apresenta no panorama nacional da educação matemática tem conduzido muitos professores a buscarem um ensino significativo e mais atraente para os alunos, reconhecendo assim a matemática como uma disciplina multicultural. Frente a essa realidade há urgência em reformular objetivos, rever conteúdos e buscar metodologias compatíveis com a formação que hoje a sociedade reclama. Sendo assim, buscamos através desse trabalho chamar a atenção para um ensino que tem em suas raízes a dinâmica do cotidiano, a saber, a etnomatemática.


TÍTULO: O OUTRO DIÁLOGO: UMA COMPREENSÃO DO DIÁLOGO INTERNO

AUTOR: Aline de Pinho Dias

ORIENTADORA: Ana Lúcia Assunção Aragão

Tese de Doutorado em Educação – 2009

 

Esta tese tem como objetivo permitir maior compreensão sobre a operação do pensamento e sugerir alternativas para a formação de indivíduos reflexivos, críticos, autônomos e criativos. Defendemos que é possível o indivíduo desenvolver uma atenção vigilante capaz de flexibilizar o pensamento e possibilitar mudanças nas nossas ações e pensamento. Denominada Diálogo Interno, esta operação caracteriza-se essencialmente pela abertura ao novo e contínua disposição para o aprendizado, minimizando o modo como o pensamento opera, na maior parte do tempo (automatismo).


TÍTULO: ORDEM E DESORDEM NA ESCOLA: REFLEXÕES SOBRE INDISCIPLINA E FORMAÇÃO DO EDUCADOR

AUTOR: Zuleide Vital Lopes

ORIENTADORA: Maria da Conceição X. de Almeida

Graduação em Pedagogia – 2009

 

A monografia tem como objetivo principal discutir o problema da indisciplina na escola de modo geral e a atuação do Conselho Tutelar na Escola Estadual Imaculada Conceição, situada no Bairro Santa Águeda, no município de Ceará-Mirim (RN). O trabalho relaciona alguns dos principais problemas que vêm incomodando a comunidade escolar, tais como a falta de respeito e agressões físicas e verbais. O tema abordado é resultado de uma reflexão sobre os fatos ocorridos na referida escola, durante o período em que nela estive lecionando (ano de 2008).


TÍTULO:



Baixar 233.28 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   24




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal