Canal do panamá. indd



Baixar 4.75 Kb.
Pdf preview
Página17/35
Encontro24.05.2021
Tamanho4.75 Kb.
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   35
apenas quatro horas
segundo a companhia. Além disso, a área concedida à ferrovia é considerada 
por lei como um corredor interoceânico livre de impostos. Dessa forma, o tempo 
dispendido para o desembaraço aduaneiro das cargas é reduzido, o que traz 
atratividade à atividade de transbordo entre portos cruzando o Istmo do Panamá.


55
CANAL DO PANAMá: EFEITOS DA ExPANSãO NOS PORTOS DO BRASIL
CAPíTULO 2 - OUTRAS FORMAS DE ACESSO AO PACíFICO
Figura 12. O trajeto original e o atual da Ferrovia do Panamá.
Fonte: Kevin Knight. The Implications of Panama Canal Expansion to U.S. Ports and Coastal 
Navigation Economic Analysis
Do ponto de vista da organização da navegação marítima, o transbordo 
interoceânico permite aos transportadores maior flexibilidade no planejamento 
logístico da utilização das embarcações, pela razão de que esse não precisa se 
ater às limitações do Canal do Panamá. É possível a disponibilização de serviços 
com embarcações de porte distinto em ambos os oceanos, de acordo com as 
características da demanda por transporte a ser atendida em cada lado. Por 
exemplo, um serviço regular com embarcações 
post-panamax do lado do Pacífico 


56
FERNANDO ANTONIO CORREIA SERRA / JOSE GONÇALVES MOREIRA NETO / MICHEL BITTENCOURT WEBER
CAPíTULO 2 - OUTRAS FORMAS DE ACESSO AO PACíFICO
Figura 13 – Configuração double-stack para a Ferrovia do Panamá.
pode-se ligar com serviços do tipo 
feeder no Atlântico empregando embarcações 
menores. Há de se observar que uma configuração desse tipo não poderia ser 
realizada simplesmente utilizando-se apenas um porto de transbordo na região 
sem que os serviços 
feeder passassem pelo Canal, o que implica em enfrentar 
as filas e tarifas do Canal com mais embarcações.


57
CANAL DO PANAMá: EFEITOS DA ExPANSãO NOS PORTOS DO BRASIL
CAPíTULO 2 - OUTRAS FORMAS DE ACESSO AO PACíFICO
A capacidade máxima de transporte da ferrovia segundo o planejamento 
da operadora é de dois milhões de TEUs anuais  (2 milhões de TEU/ano). Também 
de acordo com a companhia, é possível estender o serviço ferroviário até 32 
viagens diárias entre os terminais intermodais no Atlântico e Pacífico. Conforme 
a publicação 
Síntesis Estadística Ferroviaria Latinoamericana 2010, elaborada 
pela A
sociacion Latinoamericana de Ferrocarriles – ALAF –, foram transportados 
643.182 TEUs pela Ferrovia do Panamá em 2010. Isso representa um aumento 
de 68% no tráfego de contêineres desde o início do acompanhamento pela ALAF 
em 2007. Essa publicação revelou também que operavam em 2010 nos 73 km 
da ferrovia 373 vagões, do tipo 
double-stack, movidos por 17 locomotivas, fato 
que aponta para uma movimentação simultânea máxima de 750 contêineres, 
aproximadamente.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   35


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal