Canal brasil destaques da programaçÃo de 11 a 17 de novembro segunda-feira, 11 de novembro



Baixar 88.68 Kb.
Página9/13
Encontro17.06.2020
Tamanho88.68 Kb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13
TRANSMISSÃO

INÉDITO

Convidada: Maria Rita Kehl

Horário: Terça, dia 12/11, à 0h
Rebatida: Quarta, dia 13/11, às 15h50; e quinta, dia 14/11, às 7h30

Classificação: 12 anos

Sinopse: Linn da Quebrada e Jup do Bairro são duas das mais revolucionárias personalidades da nova geração da cultura brasileira. Suas apresentações de rap nas periferias são incendiárias e críticas, com letras focadas nos dilemas do universo LGBTQI, na desigualdade social e questões raciais. Suas trajetórias encantaram os documentaristas Kiko Goifman e Claudia Priscila, diretores de Bixa Travesti (2018), no qual elas expõem suas rotinas e mostram como suas posturas nos palcos visam desconstruir estereótipos de gênero, raça e classe. Novamente juntos, cineastas e cantoras estrelam o novo programa da faixa da meia-noite no Canal Brasil, dando sequência ao bastão passado por Laerte Coutinho em Transando com Laerte, que se despede da grade depois de quatro temporadas.
O talk show comandado pelas plurais artistas traz convidados para um bate-papo irreverente, no qual questões de gênero, sexo e raça são frequentemente abordadas, mas não limitadoras a conversa. O papo com Laerte Coutinho fala sobre transexualidade, mas também aborda relacionamentos amorosos e religião. Com a funkeira MC Carol, elas discutem a influência do rap na periferia e a descoberta da veia artística. A deputada Erica Malunguinho fala sobre a dificuldade de pessoas trans em ocupar espaços de poder, tanto na política quanto na academia, e a atriz Glamour Garcia fala sobre aceitação da personalidade. Há espaço ainda para os músicos Jards Macalé, Tom Zé e Letrux, o ex-prefeito Fernando Haddad, a cineasta Anna Muylaert, o ex-jogador de futebol Vampeta e a chef de cozinha Paola Carosella, entre outros.
Neste episódio: Maria Rita Kehl aponta a falta de políticas reparadoras nos períodos da abolição da escravatura e da ditadura militar como impulsionadora de discursos conservadores que se repetem ao longo dos tempos.

QUARTA-FEIRA, 13 DE NOVEMBRO



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal