Campus Cornélio Procópio



Baixar 0.66 Mb.
Página5/25
Encontro12.01.2022
Tamanho0.66 Mb.
#20995
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   25

MAPAS CONCEITUAIS


Os Mapas Conceituais são instrumentos gráficos desenvolvidos por Novak na década de 1970, para a organização e representação do conhecimento. Eles incluem conceitos geralmente dentro de círculos ou formas geométricas e as relações existentes entre esses conceitos, que são indicadas por linhas que os interligam e palavras sobre essas linhas, que são palavras ou frases de ligação, que especificam a relação existente entre dois conceitos (NOVAK; CANÃS, 2010).

Novak, baseado nas ideias de aprendizagem significativa de David Ausubel (AUSUBEL, 1963), no início da década de 1970, identificou uma maneira gráfica de representar como o conhecimento é organizado cognitivamente, mediante as relações existentes entre conceitos que estão presentes no cognitivo.


Uma vez que os mapas conceituais constituem uma representação explícita e manifesta dos conceitos e das proposições que uma pessoa possui, eles permitem aos professores e alunos trocar os seus pontos de vista sobre a validade de uma determinada ligação preposicional, ou reconhecer a falta de ligações entre conceitos que sugerem a necessidade de uma nova aprendizagem. (NOVAK; GOWIN, 1996, p. 35-36).
Vale salientar que não existe o mapa conceitual certo ou errado, o importante é que o mapa conceitual cumpra seu objetivo, demonstrando como estão organizadas as relações entre os conceitos, na estrutura cognitiva de quem o elaborou. Pode haver várias maneiras de apresentar um mapa conceitual com os mesmos conceitos, seguindo a individualidade de cada um, da maneira como estão organizados cognitivamente tais conceitos.


  1. Baixar 0.66 Mb.

    Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   25




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal