Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano



Baixar 7.86 Mb.
Página81/464
Encontro08.10.2019
Tamanho7.86 Mb.
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   464
Petição dos operários ao czar

Majestade! Nós, operários da cidade de São Petersburgo, nossas mulheres, nossos filhos e nossos velhos pais inválidos, vimos a V. Majestade procurar justiça e proteção. Caímos na miséria, oprimem-nos, sobrecarregam-nos de trabalho esmagador, insultam‑nos; ninguém reconhece em nós o homem. Somos tratados como escravos, que devem aguentar pacientemente seu amargo destino e calar! [...] Majestade! Somos aqui mais de 300 000, todos homens somente pela aparência, pelo aspecto.

É aqui que estamos procurando nossa última salvação. Não recuse a proteção ao seu povo; tire-o do túmulo do arbítrio, da miséria, da ignorância.

PETIÇÃO dos operários ao czar: 1905. In: MATTOSO, K. M. de Q. (Org.). Textos e documentos para o estudo da história contemporânea: 1789-1963. São Paulo: Hucitec, 1977. p. 140-141.

Registre em seu caderno:

1. Observe atentamente a charge da página anterior. Em sua opinião, o artista, por meio da charge, conseguiu exprimir o sentimento de superioridade reinante na Rússia no princípio do século XX? Justifique sua resposta.

2. Na petição, os operários que se dirigiram ao Palácio de Inverno pediam ao czar “proteção ao seu povo”. Converse com seus colegas de grupo e reflitam se o governo czarista teve razões para reprimir com tanta violência os manifestantes. Registrem as conclusões.

3. Em seguida, debatam se o uso da violência e desse tipo de repressão evidenciada no “domingo sangrento” é justificado em algum tipo de manifestação na atualidade. Registrem as conclusões.

A extensão do movimento, em um segundo momento, assustou a burguesia, que acabou adotando uma posição contrarrevolucionária. Após algumas concessões (como a convocação de uma Duma ou Parlamento) e promessas de reformas, as tropas czaristas terminaram esmagando o movimento, reprimindo-o brutalmente. Foi significativa a ajuda de capitalistas estrangeiros, que viam na contrarrevolução a garantia da manutenção dos investimentos no país.

Os sovietes, criados nessa época, adquiriram um significado especial durante os acontecimentos de 1905.


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTÓRIA%20CAMINHOS%20DO%20HOMEM%201%20AO%203º%20ANO%20-%20BASE -> DOCX
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
DOCX -> Caminhos do homem: das origens da humanidade à construção do mundo moderno, 1º ano
DOCX -> Caminhos do homem: da era das revoluções ao Brasil no século, XIX, 2º ano


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   464


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal