Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano



Baixar 8.19 Mb.
Página260/464
Encontro08.10.2019
Tamanho8.19 Mb.
1   ...   256   257   258   259   260   261   262   263   ...   464
Sabendo um pouco mais

No texto abaixo, o jornalista Elio Gaspari apresenta o recrudescimento político da ditadura brasileira, que ocorreu ao mesmo tempo em que se deu um crescimento econômico no país.

Escancarada, a ditadura firmou-se. A tortura foi o seu instrumento extremo de coerção, e o extermínio, o último recurso da repressão política que o Al-5 libertou das amarras da legalidade. A ditadura envergonhada foi substituída por um regime a um só tempo anárquico nos quartéis e violento nas prisões. Foram os anos de chumbo.

Foi o mais duro período da mais duradoura das ditaduras nacionais. Ao mesmo tempo, foi a época das alegrias da Copa do Mundo de 1970, do aparecimento da TV em cores, das inéditas taxas de crescimento econômico e de um regime de pleno emprego. Foi o Milagre Brasileiro. O Milagre Brasileiro e os anos de chumbo foram simultâneos. Ambos reais, coexistiram negando-se. Passados mais de trinta anos, continuam negando-se. Quem acha que houve um, não acredita (ou não gosta de admitir) que houve o outro.

GASPARI, E. A ditadura escancarada. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. p. 13 e 17.

Em relação à distribuição das riquezas, falava-se muito, na ocasião, em “fazer crescer o bolo para depois reparti-lo”, segundo expressão do ministro da Fazenda do governo do general Emílio Garrastazu Médici (1969-1973), Delfim Netto. Na realidade, o discurso passou a encobrir o mais violento processo de concentração de renda até então observado no país, conforme se pode perceber pelos números a seguir:

•o 1% da população brasileira mais rica que, em 1960, detinha 11,7% da renda nacional, aumentou sua participação para 17,8% em 1970;

•os 5% mais ricos aumentaram sua participação na renda de 27,69% (1960) para 39% (1976);

•os 50% mais pobres que, em 1960, detinham 27,8% da renda passaram a deter apenas 13,1% em 1970, em plena época do “milagre” (1969-1973).

A partir de 1973, no contexto de uma nova crise do capitalismo mundial desencadeada após o “choque do petróleo” e a elevação dos juros no sistema financeiro internacional, a economia brasileira passou por uma nova fase de recessão. Chegou-se ao fim do “milagre econômico”, cujos limites estruturais ficaram evidenciados.

Durante os governos dos generais seguintes, Ernesto Geisel (1974-1979) e João Figueiredo (1979-1985), ocorreu um processo de abertura política, porém “lenta, segura e gradual”, uma vez que nessa época a luta armada estava definitivamente derrotada.

Ao mesmo tempo, a sociedade civil, particularmente a classe média, havia se desencantado em definitivo com a ditadura militar. O movimento sindical ressurgiu, em especial, na região do ABC, em São Paulo, quando despontou a liderança de Luiz Inácio Lula da Silva.

Porém, a abertura teve momentos de retrocesso: em 1977, o governo decretou o recesso do Congresso e impôs ao país o chamado “Pacote de Abril”, uma série de medidas autoritárias, como a determinação de que


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTÓRIA%20CAMINHOS%20DO%20HOMEM%201%20AO%203º%20ANO%20-%20BASE -> DOCX
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
DOCX -> Caminhos do homem: das origens da humanidade à construção do mundo moderno, 1º ano
DOCX -> Caminhos do homem: da era das revoluções ao Brasil no século, XIX, 2º ano


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   256   257   258   259   260   261   262   263   ...   464


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal