Caminhos do homem: do imperialismo ao Brasil no século XXI, 3º ano



Baixar 7.86 Mb.
Página173/464
Encontro08.10.2019
Tamanho7.86 Mb.
1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   464
Entrevista

Folha de S.Paulo – A questão dos refugiados, abordada em Êxodos (*), voltou com força. Como olha o assunto a partir do que já testemunhou?

É um drama sério. Hoje, fala-se muito sobre a questão porque está chegando na porta dos países que detêm grande concentração financeira do mundo, que são o “berço” da nossa sofisticada civilização. Mas o problema é grave há dezenas de anos. Como essas pessoas estão chegando à Europa, parece que a história é nova, mas não é nova, não. É a história da globalização. Quando conheci o Iraque, era um lugar rico, onde as pessoas trabalhavam, tinham residências, viviam em paz. Um país imaginou que lá havia armas de destruição em massa e o trouxe para a idade da pedra. No Iraque hoje ninguém tem casa, bomba explode
Página 151

todos os dias, é um país fisicamente destruído. Para onde você quer que esse povo vá? Olha o que aconteceu na Líbia: era uma estabilidade, de uma ditadura, mas os líbios viviam de maneira razoável. Tomou-se a decisão de botar o ditador líbio Gadaffi para fora. Bombardeios, tropas francesas e britânicas entraram com os rebeldes, mas eles não tinham ideia da casa de marimbondo em que estavam mexendo. De onde saem milhares de refugiados que hoje atravessam em direção à Itália? Você joga com a história dos outros e depois sofre as consequências.

Folha de S.Paulo – Isso dá margem para defender a manutenção de ditaduras. A intervenção no Iraque não foi para acabar com a ditadura. Foi por petróleo. Na Líbia também. Eu não sou a favor de ditadura nenhuma. Mas acho que esse tipo de intervenção tem que ser muito bem calculada, porque as consequências podem ser brutais. Você não pode aceitar que a violência seja impressa numa realidade histórica qualquer, de cima para baixo.

Você destrói tudo.

(*) Êxodos: o Projeto Êxodos, que deu origem ao livro de mesmo nome publicado em 2000, foi realizado ao longo de seis anos, em viagens por 40 países. O próprio Sebastião Salgado, no prefácio do livro, escreveu: “Este livro conta a história da humanidade em trânsito. É uma história perturbadora, pois poucas pessoas abandonam a terra natal por vontade própria. Em geral, elas se tornam migrantes, refugiadas ou exiladas constrangidas por forças que não têm como controlar, fugindo da pobreza, da repressão ou das guerras.”

SALGADO, S. Você joga com a história dos outros e depois sofre com as consequências. Folha de S.Paulo, São Paulo, 4 out. 2015. Entrevista concedida a Daigo Oliva.

Registre em seu caderno:

1. Estabeleça, com base na leitura do texto e nas respostas de Sebastião Salgado, uma relação entre as intervenções militares ocidentais no Oriente Médio, que ganharam intensidade no início do século XXI, e o aumento do fluxo de refugiados na Europa.

2. Relacione as intervenções ocidentais em vários países do Oriente Médio e o consequente colapso de suas instituições políticas ao surgimento de grupos jihadistas, como o Estado Islâmico.

A reação da população europeia em relação ao fluxo crescente de refugiados tem sido ambígua: por um lado, ele vem despertando solidariedade de amplos segmentos da sociedade; por outro, grupos xenófobos e de perfil neonazista vêm manifestando sua intolerância, não raramente por meio do preconceito e da discriminação aos imigrantes, além de atos de violência.




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTÓRIA%20CAMINHOS%20DO%20HOMEM%201%20AO%203º%20ANO%20-%20BASE -> DOCX
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
DOCX -> Caminhos do homem: das origens da humanidade à construção do mundo moderno, 1º ano
DOCX -> Caminhos do homem: da era das revoluções ao Brasil no século, XIX, 2º ano


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   464


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal