Caderno anvisa cosm site indd



Baixar 488.7 Kb.
Pdf preview
Página40/43
Encontro22.07.2022
Tamanho488.7 Kb.
#24329
1   ...   35   36   37   38   39   40   41   42   43
04. Guia de controle de qualidade de produtos cosméticos Autor Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

PARTE 2
118
Anvisa
Cosméticos
3. ENSAIOS GERAIS
3.1. Determinação da Alcalinidade Livre e da Acidez Livre
3.1.1. Objetivo e Campo de Aplicação
Este método descreve o doseamento de alcalinidade ou de acidez livre em sabonetes.
3.1.2. Princípio
A alcalinidade e a acidez são determinadas por reação de neutralização.
3.1.3. Descrição do Método
3.1.3.1. Determinação de pH
Preparar uma solução a 10%, pesando 2 g do sabonete e dissolvendo com 20 ml de 
água destilada. No caso de sabonetes sólidos, cortar ao meio e, com um ralador, ras-
par aparas do sabonete. O pH deve estar em torno de 10,4 (excetuando-se os casos de 
sabonetes líquidos neutros).
3.1.3.2. Alcalinidade Livre
Pesar 5 g da amostra em um béquer de vidro de 200 ml. À parte, neutralizar cerca de 
150 a 200 ml de etanol com hidróxido de sódio 0,1N, usando duas gotas de fenolftaleína 
como indicador. Aquecer o etanol até o início da fervura. Iniciar a dissolução das 5 g 
de aparas de sabonete, com o auxílio, inicialmente, de 50 a 100 ml de etanol aquecido, 
mantendo o aquecimento. Filtrar a vácuo por funil de placa porosa contendo um papel 
de filtro sobre a placa. Lavar o béquer e o funil com etanol aquecido.


Guia de Controle de Qualidade de Produtos Cosméticos
119
Se o filtrado possuir coloração rosa, transportá-lo para um erlenmeyer de 500 ml e titular 
com solução volumétrica de ácido clorídrico 0,1N até o descoramento da solução.
Fazer três determinações e usar o valor médio.
3.1.3.3. Cálculos
V x fc x 0,004 x 100
m
C =
Onde: C = teor (p/p) de alcalinidade livre (em hidróxido de sódio)
V = volume do titulante gasto na amostra, em mililitros
fc = fator de correção do titulante
m = massa da amostra em gramas
Se o filtrado estiver incolor, isto indica ausência de alcalinidade livre, podendo ser de-
terminada a acidez livre em ácido oléico. Nesse caso, titular com solução volumétrica 
de hidróxido de sódio 0,1N até atingir a coloração rosa.
V x fc x 0,028245 x 100
m
C =
Onde: C = teor (p/p) de acidez livre (em ácido oléico) 
V = volume do titulante gasto na amostra, em mililitros
fc = fator de correção do titulante
m = massa da amostra em gramas

Baixar 488.7 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   35   36   37   38   39   40   41   42   43




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal