Caderno anvisa cosm site indd



Baixar 488.7 Kb.
Pdf preview
Página35/43
Encontro22.07.2022
Tamanho488.7 Kb.
#24329
1   ...   31   32   33   34   35   36   37   38   ...   43
04. Guia de controle de qualidade de produtos cosméticos Autor Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

PARTE 2
108
Anvisa
Cosméticos
2.14.3. Descrição do Método
2.14.3.1. Preparo da Amostra
Pesar analiticamente uma quantidade de amostra que contenha aproximadamente 1,5 
g de hidróxido de sódio em um béquer de 250 ml e adicionar 100 ml de água destilada. 
Resfriar e transferir, quantitativamente, para um balão volumétrico de 250 ml. Completar 
o volume com água destilada e homogeneizar.
2.14.3.2. Procedimento
Transferir quantitativamente 25 ml da solução amostra preparada para um erlenmeyer 
de 250 ml. Adicionar 50 ml de água destilada e duas gotas de solução aquosa de ala-
ranjado de metila.
Titular com solução de ácido clorídrico 0,1M até que a solução passe da coloração ama-
rela para a laranja. Anotar o volume de ácido clorídrico 0,1M consumido (V1).
Transferir quantitativamente 25 ml da solução amostra preparada para um erlenmeyer 
de 250 ml. Adicionar 25 ml de água destilada e duas gotas de solução alcoólica de fe-
nolftaleína e titular com solução de ácido clorídrico 0,1M até que a coloração da solução 
passe de rosa para incolor. Anotar o volume de ácido clorídrico 0,1M consumido (V2).
2.14.3.3. Cálculo
Vf x fc x mEq x 100
P x 25/250
C =
Vf x fc x 0,4
P x 0,1
=
Onde: C = concentração (p/p) de hidróxido de sódio
Vf = volume final de ácido clorídrico 0,1M gasto na titulação, em 
mililitros
mEq = miliequivalente em gramas do hidróxido de sódio (0,004 g)
fc = fator de correção da solução de ácido clorídrico 0,1M
P = massa da amostra em gramas
25 = alíquota da amostra utilizada na titulação 
250 = volume final da amostra no balão volumétrico


Guia de Controle de Qualidade de Produtos Cosméticos
109
Nota: Vf = V1 - 2(V1 - V2), onde V1 corresponde ao volume de ácido clorídrico 0,1M 
consumido na titulação com indicador alaranjado de metila e V2 corresponde ao vo-
lume de ácido clorídrico 0,1M consumido na titulação com indicador fenolftaleína.
2.15. Determinação do Teor de Peróxido de Hidrogênio
(Hydrogen Peroxide)
2.15.1. Método por Doseamento com Tiossulfato de Sódio
2.15.1.1. Objetivo e Campo de Aplicação
Este método descreve o doseamento de peróxido de hidrogênio e aplica-se a amostras 
de cosméticos que contenham essa substância.
2.15.1.2. Princípio
O presente método baseia-se na reação de oxidação do iodeto de potássio pelo peró-
xido de hidrogênio, em que o iodeto passa a iodo molecular, que será posteriormente 
titulado com solução padronizada de tiossulfato de sódio. 
2.15.1.3. Descrição do Método
2.15.1.3.1. Procedimento
Pesar analiticamente uma quantidade de amostra que contenha aproximadamente 0,6 g 
de peróxido de hidrogênio em um béquer de 100 ml. Adicionar 10 ml de água destilada 
e transferir quantitativamente para um balão volumétrico de 250 ml.
Transferir 10 ml da solução amostra para um frasco de iodo de 250 ml. Adicionar 100 ml 
de ácido sulfúrico 2N, 20 ml da solução saturada de iodeto de potássio e três gotas de 
molibdato de amônio. Titular o iodo formado com solução de tiossulfato de sódio 0,1N, 
adicionando algumas gotas da solução de amido pouco antes do ponto de viragem. 
Preparar um branco contendo todos os reagentes, exceto a amostra.


Baixar 488.7 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   31   32   33   34   35   36   37   38   ...   43




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal