Caderno anvisa cosm site indd



Baixar 488.7 Kb.
Pdf preview
Página33/43
Encontro22.07.2022
Tamanho488.7 Kb.
#24329
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   43
04. Guia de controle de qualidade de produtos cosméticos Autor Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

PARTE 2
104
Anvisa
Cosméticos
2.12.3. Descrição do Método
2.12.3.1. Procedimento
Pesar uma quantidade de amostra que contenha aproximadamente 0,3 g de hidróxi-
do de lítio em um béquer de 100 ml. Adicionar 50 ml de água destilada e agitar até a 
total dissolução. Transferir quantitativamente para um balão volumétrico de 250 ml e 
completar o volume com água destilada. Transferir 50 ml da solução amostra para um 
erlenmeyer de 250 ml. Adicionar 20 ml de cloreto de bário 1N e três gotas de fenolfta-
leína. Titular com solução de ácido clorídrico 0,1N padronizada, até o desaparecimento 
total da coloração rosa. 
2.12.3.2. Cálculo
V x fc x 2,395 x 100
P x 0,2
C =
Onde: C = concentração (p/p) de hidróxido de lítio
V = volume de ácido clorídrico 0,1N gasto na titulação, em 
mililitros
fc = fator de correção do ácido clorídrico 0,1N
P = massa da amostra em miligramas
2.13. Identificação e Determinação do Teor de Hidróxido de Potássio 
e Hidróxido de Sódio (Potassium Hydroxide e Sodium Hydroxide)
2.13.1. Objetivo e Campo de Aplicação
Este método descreve o procedimento que permite identificar hidróxidos de sódio ou 
de potássio livres em amostras que contenham uma dessas substâncias e dosear esses 
hidróxidos nos produtos para defrisagem dos cabelos e nos solventes das cutículas das 
unhas.


Guia de Controle de Qualidade de Produtos Cosméticos
105
2.13.2. Princípio
Os hidróxidos de sódio e de potássio livres são definidos como sendo o volume de ácido 
padrão necessário para neutralizar o produto sob condições específicas, e o resultado é 
expresso como % p/p de hidróxido de sódio e de hidróxido de potássio livres. 
A amostra é dissolvida ou dispersa em água e titulada com o ácido de referência. Registra-
se a variação do valor do pH ao mesmo tempo em que se acrescenta o ácido: para uma 
solução simples de hidróxidos de sódio ou de potássio, o fim da titulação corresponde 
a uma variação precisa do valor do pH registrado.
A curva de titulação normal pode ser modificada pela presença das seguintes substân-
cias:
a) Amônia e outras bases orgânicas fracas, que apresentam, elas próprias, uma curva 
de titulação bastante plana. Nesse caso, a amônia é eliminada por evaporação sob 
pressão reduzida, à temperatura ambiente.
b) Sais de ácidos fracos, que podem originar uma curva de titulação com vários pontos 
de inflexão. Nesse caso, só a primeira parte da curva, até o primeiro desses pontos 
de inflexão, corresponde à neutralização do íon hidroxila proveniente dos hidróxidos 
de sódio e de potássio livres. Preconiza-se outro procedimento de titulação no álcool, 
quando é indicado que existe uma interferência excessiva dos sais de ácidos inorgânicos 
fracos. Ainda que seja teoricamente possível encontrar outras bases fortes solúveis, tais 
como hidróxido de lítio ou hidróxido de amônio quaternário, que dão um pH elevado
a sua presença nesse tipo de produtos cosméticos é altamente improvável.
2.13.3. Descrição do Método - Identificação 
2.13.3.1. Preparo de Soluções
Solução tampão alcalina de referência de pH 9,18 a 25ºC: solução 0,05M
de tetraborato de sódio.


Baixar 488.7 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   43




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal