Caderno anvisa cosm site indd



Baixar 488.7 Kb.
Pdf preview
Página13/43
Encontro22.07.2022
Tamanho488.7 Kb.
#24329
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   43
04. Guia de controle de qualidade de produtos cosméticos Autor Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

PARTE 2
66
Anvisa
Cosméticos
2.1.3. Descrição do Método
2.1.3.1. Procedimento
Homogeneizar e transferir 25 ml da amostra previamente pesada para um tubo de cen-
trífuga. Centrifugar, decantar e transferir o líquido para um béquer de 250 ml. Adicionar 
25 ml de água no resíduo do tubo de centrífuga e agitar bem; centrifugar novamente e 
transferir o líquido sobrenadante para o béquer de 250 ml. Descartar o resíduo.
Evaporar em banho-maria o líquido do béquer até a secura. Adicionar 20 ml de uma 
mistura de ácido sulfúrico e ácido nítrico, na proporção de 1:1. Cobrir com um vidro 
de relógio e aquecer em placa de aquecimento para oxidar possível matéria orgânica 
presente. Remover o vidro de relógio para evaporar o trióxido de enxofre. Esfriar, lavar 
os lados do béquer com água, cuidadosamente, e evaporar novamente o trióxido de 
enxofre. Deixar esfriar. Adicionar 50 ml de água, cuidadosamente. Aquecer quase à fer-
vura e agitar até a solubilização de todo o sulfato de chumbo. Adicionar 75 ml de água 
e deixar em repouso por 1 hora, agitando ocasionalmente.
Com a mistura à temperatura ambiente, filtrar o precipitado em cadinho Gooch (de por-
celana ou de vidro) e lavar cuidadosamente com uma solução de ácido sulfúrico (1:99). 
Calcinar o precipitado em mufla a 500-600°C, até obter peso constante. 
2.1.3.2. Cálculo 
M x 0,6832 x 100
m
C =
Onde: C = concentração (p/p) de chumbo 
M = massa do resíduo em gramas
m = massa da amostra em gramas 


Guia de Controle de Qualidade de Produtos Cosméticos
67
2.2. Determinação do Teor de Ácido Bórico (Boric Acid)
2.2.1. Objetivo e Campo de Aplicação
O presente método descreve a determinação do teor de ácido bórico presente em for-
mulações de desodorantes e antiperspirantes. 
2.2.2. Princípio
O ácido bórico é separado por coluna de troca iônica e determinado por titulação vo-
lumétrica.
2.2.3. Descrição do Método
2.2.3.1. Preparo da Coluna de Troca Iônica
Em uma coluna com 58 cm de comprimento por 2 cm de diâmetro, preencher 3 cm da 
parte inferior com lã de vidro. Encher a coluna com água e adicionar, lentamente, resina 
de troca iônica Amberlite IR-120 (H) até uma altura de 20 cm. Lavar com 10 ml de so-
lução de ácido clorídrico (1:9) e porções de 50 ml de água, até o efluente dar negativo 
para o teste de cloreto.
Regenerar a coluna após o uso, transferindo a resina para outra coluna de vidro, e lavar 
com ácido clorídrico até o efluente dar negativo para o teste de cátions absorvidos, por 
exemplo, zinco e alumínio. A seguir, remover o ácido clorídrico da coluna, lavando com 
água até o efluente dar negativo para o teste de cloreto.
2.2.3.2. Procedimento
Pesar uma quantidade de amostra que contenha cerca de 50 a 200 mg de ácido bórico 
em uma cápsula de 250 ml. Adicionar duas gotas de fenolftaleína e alcalinizar com so-
lução de hidróxido de sódio a 10%. Evaporar em banho-maria, até a secura. 


Baixar 488.7 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   43




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal