C ursinho pre-vestibular integrado 1º semestre de 2011 biologia – professor nanni lista de revisao de histologia 28-11-2011



Baixar 41.57 Kb.
Encontro05.08.2022
Tamanho41.57 Kb.
#24504
Revisão de histologia animal - Exercício com gabarito

C URSINHO PRE-VESTIBULAR INTEGRADO
1º SEMESTRE DE 2011
BIOLOGIA – PROFESSOR NANNI
LISTA DE REVISAO DE HISTOLOGIA 28-11-2011.

01) "Até recentemente acreditava-se que o tecido adiposo tinha apenas a função de armazenar lipídios, servindo como uma reserva energética. No entanto, novas pesquisas vêm mudando essa idéia, ao revelar que os adipócitos têm importante participação nos mecanismos que regulam a concentração de glicose no sangue. Essa atuação recém descoberta do tecido adiposo também está relacionada ao diabetes melito tipo 2. Os novos estudos revelaram que os adipócitos produzem e liberam no sangue dezenas de diferentes fragmentos de proteínas que agem como hormônios ou agentes inflamatórios (citocinas) e regulam a ação da insulina nos outros tecidos. Quando a captação de glicose pelo adipócito é impedida, por exemplo, ocorre resistência à insulina no tecido muscular. Já o maior uso de glicose no tecido adiposo leva a um aumento significativo da sensibilidade à insulina e da tolerância à glicose no tecido muscular. Os estudos comprovam, portanto, a associação entre obesidade e diabetes.


("Ciência Hoje", v. 40, junho de 2007. [Adapt.].)
Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto afirmar que
a) alterações nas funções de liberação de insulina pelos adipócitos interferem na absorção da glicose pelas células, podendo promover o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Essa doença se caracteriza pela redução do número de células beta do pâncreas, o que diminui a capacidade desse órgão de produzir insulina e leva a um aumento da concentração de glicose no sangue.
b) a obesidade está fortemente associada à incidência de diabetes melito tipo 2, uma vez que o excesso de gordura leva a uma disfunção do tecido adiposo, promovendo resistência à ação da insulina e, conseqüentemente, ao desenvolvimento de diabetes tipo 2. Essa doença se caracteriza pela redução do número de células produtoras de insulina do pâncreas.
c) alterações nas funções de liberação de insulina pelos adipócitos interferem na absorção da glicose pelas células, podendo promover o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Essa doença se caracteriza pela redução do número de receptores de insulina nas membranas das células musculares e adiposas, diminuindo sua capacidade de absorver a glicose do sangue.
d) a absorção de glicose pelo pâncreas fica comprometida em pessoas obesas, pois a disfunção do tecido adiposo promove um descontrole no metabolismo da glicose, bem como uma diminuição na produção de hormônios que regulam a ação da insulina. Esse comprometimento na ação da insulina promove um aumento na concentração de glicose no sangue, o que caracteriza a diabete tipo 2.
e) alterações nas funções de captação de glicose pelas células de gordura interferem na ação da insulina, podendo promover o desenvolvimento de diabetes tipo 2. Essa doença se caracteriza pela redução do número de receptores de insulina nas membranas das células musculares e adiposas, diminuindo sua capacidade de absorver a glicose do sangue.

02) "No alvorecer da humanidade, e durante muito tempo da nossa história, as refeições foram literalmente um vale tudo. Pelo fato dos seres humanos terem evoluído num mundo onde a disponibilidade de alimentos era apenas intermitente, a sobrevivência exigiu que tivéssemos a capacidade de armazenar energia para épocas de escassez. O tecido adiposo, familiarmente conhecido como gordura, é o órgão especializado para essa tarefa. Nossa capacidade de armazenar gordura continua essencial à vida e pode permitir que uma pessoa sobreviva à fome por meses. Na história humana recente, contudo, a quantidade de energia acumulada como gordura está aumentando em muitas populações. Obesidade é o nome que damos quando o armazenamento de gordura se aproxima de um nível que compromete a saúde de uma pessoa."


("SCIENTIFIC American". Especial: Alimentos, saúde e nutrição. Out. 2007. p. 46.)
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:
I. Restringir as gorduras insaturadas - encontradas, por exemplo, na carne bovina, nos embutidos, na margarina, assim como nas gorduras de laticínios - diminuem o risco de doença cardíaca coronariana.
II. O glicogênio é uma forma importante de armazenamento de energia, o que se justifica por dois motivos básicos: ele pode fornecer combustível para o metabolismo de carboidrato muito rapidamente, enquanto a mobilização de gordura é lenta; e, talvez o mais importante, o glicogênio pode prover energia sob condições anóxicas.
III. A totalidade de depósitos de gordura em adipócitos é capaz de extensa variação, conseqüentemente, permitindo mudanças de necessidades do crescimento, reprodução e envelhecimento, assim como flutuações nas circunstâncias ambientais e fisiológicas, tais como a disponibilidade de alimentos e a necessidade do exercício físico.
IV. O tecido adiposo aumenta: pelo aumento do tamanho das células já presentes quando o lipídeo é adicionado, fenômeno este conhecido como hiperplasia; ou pelo aumento do número de células, fenômeno conhecido como hipertrofia.
Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.
a) I e III.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I, II e IV.
e) I, III e IV.

03) Nos mamíferos, as células podem organizar-se em tecidos classificados como epiteliais, conjuntivos, musculares e nervoso. Sobre esses tecidos, é INCORRETO afirmar:


a) Os tecidos adiposo, ósseo e sanguíneo, embora apresentem funções e morfologias bem distintas, têm a mesma origem.
b) O tecido muscular liso é formado por células fusiformes, mononucleadas e de contração rápida e voluntária.
c) O tecido nervoso é constituído por dois tipos celulares principais: os neurônios e as células da neuroglia.
d) Os tecidos epiteliais são caracterizados pela ausência de substâncias intercelulares.

04) Em uma partida de futebol, um jogador fraturou o fêmur.


Considere os seguintes eventos, relacionados à recuperação da zona de lesão desse jogador.
1 - preenchimento por proliferação do periósteo
2 - remoção de células mortas e de restos de matriz óssea, por fagocitose
3 - ossificação do tecido regenerado
4 - formação de calo ósseo com tecido ósseo primário
A ordem em que esses eventos ocorrem no processo de regeneração do tecido ósseo é
a) 1 - 3 - 4 - 2.
b) 2 - 1 - 3 - 4.
c) 3 - 2 - 1 - 4.
d) 4 - 1 - 3 - 2.
e) 3 - 4 - 2 - 1.

05) Os tecidos conjuntivos derivam do mesoderma do embrião e caracterizam-se por apresentar diversos tipos de células imersas em material extracelular sintetizado por elas.


Com relação aos tecidos conjuntivos, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
(01) Dentre as várias funções dos tecidos conjuntivos, podemos citar a absorção e a secreção de substâncias através de glândulas.
(02) Entre os vários tipos de células existentes nos tecidos conjuntivos encontramos os fibro-blastos, adipócitos, melanócitos e neurônios.
(04) Em indivíduos adultos, os elementos figurados do sangue se originam do tecido conjuntivo encontrado na medula óssea vermelha, a qual apresenta células-tronco pluripotentes (ou multipotentes) que após se multiplicarem ativamente se diferenciam em leucócitos, hemácias e plaquetas.
(08) O tecido conjuntivo denso modelado, também chamado de tecido tendinoso, é formado por fibras grossas orientadas paralelamente, especialmente fibras colágenas, o que confere grande resistência a estruturas como tendões e ligamentos.
(16) Os condrócitos, após formarem a matriz cartilaginosa, sofrem uma pequena retração de volume e passam a ser chamados de condroblastos.

06) O tecido conjuntivo possui três tipos de fibras: colágenas, reticulares e elásticas. Com relação a elas, analise as afirmativas e assinale a alternativa CORRETA:


a) As fibras colágenas, assim como as elásticas, são constituídas de microfibrilas de colágeno, que se unem formando as fibrilas de colágeno, que, por sua vez, se unem, formando as fibras de colágeno.
b) As células de certos órgãos, como o baço e os rins, são envolvidas por uma trama de sustentação constituída de fibras reticulares, cujo principal componente é a elastina, uma escleroproteína.
c) Os pulmões são órgãos facilmente sujeitos à expansão de volume, pois são ricos em fibras elásticas, constituídas de elastina, proteína cuja principal função é dar elasticidade aos locais onde se encontram.
d) Quanto maior a quantidade de colágeno nos tecidos, maior a elasticidade, como, por exemplo, nos tendões, onde o colágeno se distribui em uma só direção, enquanto que o cordão umbilical forma uma malha difusa entre as células dos tecidos.
e) As fibras colágenas são constituídas da proteína colágeno, polimerizadas fora das células, a partir do tropocolágeno sintetizado pelos macrófagos.

07) Ao longo do desenvolvimento, os vertebrados vão perdendo a capacidade regenerativa, exceto a salamandra, que continua capaz de reproduzir partes completas do corpo durante toda a vida.


Os cientistas verificaram que, quando um membro dela é amputado, células epidérmicas migram para fechá-lo. Em seguida fibroblastos e células musculares migram em direção ao local da ferida. Essas células são revertidas a um estágio embrionário menos especializado, começam a se dividir e ocupar o broto do novo membro, chamado blastema. Conforme o blastema cresce, os contornos são formados e as células embrionárias proliferam e se diferenciam, dando origem a novos tecidos: ossos, músculos e assim por diante.
O progresso rumo à regeneração de partes importantes dos organismos, como acontece com a salamandra, pode revolucionar o tratamento de amputações e ferimentos graves no ser humano.
"Scientific Americam Brasil", n¡. 72, Maio de 2008 [adapt.].
Com base no texto e em seus conhecimentos, é INCORRETO afirmar que:
a) Existe muita semelhança entre os membros da salamandra e os nossos (humanos), pois eles, assim como os nossos, são recobertos por pele e constituídos por esqueleto ósseo, músculos, ligamentos, tendões, nervos e vasos sanguíneos.
b) A estratégia, em humanos, de cura de uma ferida, por exemplo, a perda de um membro, difere da salamandra, porque resulta numa cicatriz que evolui para a falta de resposta à regeneração.
c) Uma célula diferenciada não pode originar outro tipo de célula especializada, a não ser que antes ela sofra uma reversão, ou seja, volte a um estágio menos especializado.
d) O fibroblasto é uma célula típica do tecido conjuntivo; ele é responsável pela formação das fibras e da substância fundamental. Quando não está em atividade, torna-se fusiforme e recebe o nome de fibrócito. No processo de cicatrização, o fibrócito pode se transformar em fibroblasto.
e) Os tecidos, no caso da salamandra, são facilmente regenerados, pois eles são formados a partir de apenas dois tipos de folhetos embrionários, diferentemente dos humanos que são tribásticos e, por isso, a diferenciação dos tecidos é mais complexa.

08) Apesar de sua grande complexidade, o organismo humano é constituído por apenas quatro tipos básicos de tecidos: epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso.


Com base nos conhecimentos sobre a histologia dos tecidos, considere as afirmativas a seguir
I - Os tecidos epiteliais são estruturas dinâmicas cujas células são continuamente renovadas por atividade mitótica. A taxa de renovação é variável, podendo ser rápida em tecidos como o epitelial intestinal, que é totalmente substituído a cada semana, ou lenta, como no fígado e no pâncreas.
II - Além de desempenhar uma função estrutural, a grande variedade de moléculas do tecido conjuntivo desempenha importantes papéis biológicos como, por exemplo, o de ser importante reserva para muitos fatores de crescimento que controlam a proliferação e a diferenciação celular.
III - O tecido muscular é constituído por células cúbicas mononucleadas, que contêm pequena quantidade de filamentos citoplasmáticos de proteínas contráteis, geradoras das forças necessárias para a contratação desse tecido, oriunda do metabolismo anaeróbico.
IV - Quando cortados, o cérebro, o cerebelo e a medula espinhal mostram regiões de substância branca e regiões de substâncias cinzenta. Os principais constituintes da substância branca são axônios mielinizados, oligodendrócitos e outras células da glia.
Assinale a alternativa CORRETA.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

09) Assinale a alternativa incorreta a respeito do tecido epitelial glandular.


a) A paratireóide é um exemplo de glândula endócrina. Esse tipo de glândula não possui uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal. A secreção dessa glândula é liberada para os vasos sanguíneos.
b) As glândulas são agrupamentos de células especializadas na produção de secreções.
c) Glândulas sudoríparas são exemplos de glândula exócrina. Esse tipo de glândula mantém uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal, que permite a liberação da secreção.
d) A tireóide é um exemplo de glândula endócrina. Esse tipo de glândula não possui uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal. A secreção dessa glândula é liberada para os vasos sanguíneos.
e) A hipófise é uma glândula mista, ou seja, ela apresenta uma parte endócrina que libera o hormônio antidiurético, e outra exócrina que libera ocitocina.

10) Considere as afirmações a seguir sobre o tecido muscular esquelético.


I. Para que ocorra contração muscular, há necessidade de uma ação conjunta dos íons cálcio e da energia liberada pelo ATP, o que promove um deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina na fibra muscular.
II. Exercícios físicos promovem um aumento no volume dos miócitos da musculatura esquelética, através da produção de novas miofibrilas.
III. Em caso de fadiga muscular, parte do ácido lático produzido através da fermentação lática passa para a corrente sangüínea e é convertida em aminoácidos pelo fígado.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e II.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.

11) "O sistema nervoso usa potenciais de ação (impulsos nervosos) para regular as atividades corporais; detecta as alterações nos ambientes externos e internos do corpo, interpreta essas alterações e responde a elas por causar contrações musculares ou secreções glandulares.”


(TORTORA, G.J.; GRABOWSKI, S.R. "Princípios de anatomia e fisiologia". 9 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002. p.5.)
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:
I. O sistema nervoso periférico autônomo tem por função controlar a atividade dos sistemas digestivo, cardiovascular, excretor e endócrino.
II. O cerebelo é o principal centro integrador entre os sistemas nervoso e endócrino, e o hipotálamo é o responsável pela manutenção da postura corporal.
III. Destacam-se como substâncias que atuam como neurotransmissoras: a acetilcolina, a adrenalina, a noradrenalina.
IV. A presença da bainha de mielina, que recobre a maioria dos axônios, além de proteger o axônio, facilita a propagação do impulso nervoso.
Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.
a) I e II.
b) II e IV.
c) III e IV.
d) I, II e III.
e) I, III e IV.

12) As células especializadas dos animais superiores estão organizadas, ao nível microscópico, em conjuntos cooperativos denominados tecidos; por sua vez, diferentes variedades de tecidos combinam-se formando unidades funcionais maiores denominadas órgãos. Sobre os tecidos é correto afirmar que:


(01) As glândulas e a epiderme são variedades de tecido epitelial.
(02) As expressões fisionômicas são causadas por contrações dos músculos lisos.
(04) Os neurônios, células especializadas do tecido nervoso, apresentam prolongamentos que os tornam aptos à sua função de condução de impulso nervoso.
(08) O tecido ósseo é o único dos tecidos animais que não é constituído por células vivas, mas sim por restos celulares e material mineralizado.
(16) O conceito de "tecido", além de outras características, exige que as células estejam justapostas e bem unidas.

13) Com relação aos tecidos de animais superiores, pode-se afirmar que:


I - os linfócitos são produzidos na medula óssea vermelha.


II - o músculo liso é formado por células fusiformes com núcleo central.
III - os oligodendrócitos produzem mielina no sistema nervoso central.
IV - os osteoblastos produzem a parte orgânica da matriz óssea.
V - as glândulas endócrinas lançam sua secreção para ductos.

Assinale a alternativa com a seqüência correta


a) I, II e V estão corretas
b) II, III e IV estão corretas
c) III, IV e V estão corretas
d) I, IV e V estão corretas
e) I, II e V estão corretas

14)


Observando o esquema anterior, que representa um neurônio em repouso, podemos afirmar que, nestas condições:
a) se a membrana do neurônio for atingida por um estímulo, as quantidades de íons Na® e K® dentro e fora da membrana se igualam.
b) devido à diferença de cargas entre as faces externa e interna, o neurônio está polarizado.
c) a ocorrência do impulso nervoso depende de estímulos de natureza elétrica.
d) a quantidade de íons K® é menor na parte interna do neurônio devido à sua saída por osmose.
e) as concentrações dos íons Na® e K® se fazem sem gasto de energia, sendo exemplo de transporte ativo.

15) As células que constituem os organismos dos metazoários foram especializando-se, no decorrer do processo evolutivo, para executarem com maior eficiência uma outra função determinada.



Com relação às células e aos tecidos representados na figura acima, julgue os seguintes itens.

(01) Nas células representadas em I, ocorre conversão eficiente de energia química em trabalho mecânico.


(02) O tecido II possui estruturas que mantêm as células unidas.
(04) As células do tecido representado em III produzem pigmento.
(08) A célula representada em IV apresenta alta taxa de multiplicação.
(16) A célula IV é responsável pela nutrição dos neurônios.

16) Com base nos estudos histológicos, é correto afirmar que:


(01) A epiderme humana é formada por tecido epitelial de revestimento estratificado do tipo pavimentoso queratinizado.
(02) Os glóbulos vermelhos do sangue humano são anucleados, originadas a partir dos megacariócitos.
(04) As fibras musculares estriadas esqueléticas são muito pequenas, fusiformes e uninucleadas.
(08) Os tendões são formados por tecido conjuntivo denso, do tipo tendinoso com fibras protéicas modeladas.
(16) O tecido cartilaginoso é altamente irrigado por vasos sangüíneos.

17) Marque (V) para verdadeiro e (F) para falso conforme o caso.


Em relação aos tecidos animais têm-se:
( ) Os epitélios não são vascularizados, sendo nutridos por difusão a partir do conjuntivo subjacente.
( ) Os capilares sangüíneos são constituídos apenas por tecido epitelial pavimentoso chamado endotélio, de origem mesodérmica.
( ) Enquanto nos tecidos epiteliais de revestimento as células são justapostas, no conjuntivo elas são separadas por grande quantidades de substâncias intercelulares.
( ) O sangue é um tecido líquido com grande variedade de células e proteínas solúveis.
( ) Todos os tecidos conjuntivos são de origem mesodérmica e vascularizados, exceto o ósseo e o cartilaginoso.
GABARITO

01) E
02) B


03) B
04) B
05) 04 + 08 = 12
06) C
07) E
08) D
09) E
10) C
11) E
12) 01 + 04 = 05
13) B
14) B
15) 01 + 02 + 16 = 19
16) 01 + 08 = 09
17) V F V V F
Baixar 41.57 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal