Brilique, inn-ticagrelor



Baixar 5.02 Kb.
Pdf preview
Página95/124
Encontro08.10.2019
Tamanho5.02 Kb.
1   ...   91   92   93   94   95   96   97   98   ...   124
Crianças e adolescentes
Brilique não é recomendado em crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anos.
Outros medicamentos e Brilique
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou vier a tomar 
outros medicamentos. Isto porque Brilique pode afetar o modo de ação de alguns medicamentos e 
alguns medicamentos podem ter um efeito no Brilique.
Informe o seu médico ou farmacêutico se está a tomar algum dos seguintes medicamentos:
 mais de 40 mg por dia de sinvastatina ou lovastatina (medicamentos utilizados para tratar o 
colesterol elevado)
 rifampicina (um antibiótico)
 fenitoína, carbamazepina e fenobarbital (utilizados no controlo de convulsões)
 digoxina (utilizada para tratar insuficiência cardíaca)
 ciclosporina (utilizada para diminuir as defesas do seu corpo)
 quinidina e diltiazem (utilizados para tratar alterações do ritmo cardíaco)
 bloqueadores beta e verapamilo (utilizados para tratar a tensão arterial elevada)
 morfina e outros opioides (utilizados para tratar a dor grave)
Informe o seu médico ou farmacêutico, especialmente se está a tomar algum dos seguintes 
medicamentos que aumentam o seu risco de hemorragia:


97
 “anticoagulantes orais” frequentemente referidos como “diluentes de sangue” os quais incluem 
a varfarina.
 Medicamentos Anti-Inflamatórios Não Esteroides (abreviados como AINEs) frequentemente 
tomados para alívio da dor tais como ibuprofeno e naproxeno.
 Inibidores Seletivos da Recaptação da Serotonina (abreviados como ISRS) tomados como 
antidepressivos tais como paroxetina, sertralina e citalopram.
 outros medicamentos tais como cetoconazol (utilizado para tratar infeções fúngicas), 
claritromicina (utilizada para tratar infeções bacterianas), nefazodona (um antidepressivo), 
ritonavir e atazanavir (utilizados para tratar infeção por VIH e SIDA), cisaprida (utilizada no 
tratamento da azia), alcaloides ergóticos (utilizados para tratar enxaquecas e dor de cabeça).
Informe também o seu médico que por estar a tomar Brilique, pode ter um risco aumentado de 
hemorragia se o seu médico lhe receitar fibrinolíticos, frequentemente chamados “diluentes de 
coágulos” tais como estreptoquinase ou alteplase.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   91   92   93   94   95   96   97   98   ...   124


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal