Biologia Marcela Yaemi Ogo Mapa de conteúdos e recursos Volume 3 Orientações para o professor



Baixar 135.06 Kb.
Página7/73
Encontro27.07.2022
Tamanho135.06 Kb.
#24380
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   73
Biologia 3 Orientações Professor
geografia-espa-o-e-identidade-levon-boligian-andressa-alves-3-c compress
Segunda lei de Mendel
Objetivos
· Conhecer a segunda Lei de Mendel.
· Verificar como são os cruzamentos genéticos para duas características simultâneas.
· Conhecer o conceito de cruzamento teste.
· Relacionar a meiose à segunda lei de Mendel.
Página 39
Abertura de capítulo
· O objetivo dessa página é o de apresentar ao aluno um aspecto da seleção artificial da cultura do milho. Na seleção artificial determinadas características de interesse do ser humano são selecionadas.
314
· A partir desse contexto, apresentamos a importância do trabalho com mais de uma característica, situação estudada por Mendel e da qual se originou sua segunda lei.
· Diga aos alunos que a mais antiga espiga de milho foi encontrada em um região do México há mais de 7 mil anos e era denominada teosinte, que significa alimento dos deuses, segundo a cultura maia. O teosinte ainda pode ser encontrado na América Central.
· Para mais informações sobre a seleção artificial do milho, leia o trecho do texto a seguir.
[...]
A partir da gramínea Teosinte, na região hoje ocupada pelo México, o homem foi selecionando variações genéticas naturais, que, gradativamente, deram origem ao milho domesticado. Inicialmente, os grãos eram expostos fora da casca, formando um sabugo, parecido com a forma que conhecemos atualmente. Essa estrutura, que reteve os grãos e os organizou em pequenos pares de fileiras, atraiu os nativos antecessores dos astecas.
Mais tarde, esses nativos, por meio de um processo inconsciente de seleção, escolhiam as espigas mais fáceis de serem colhidas e armazenadas. Isso levou, naturalmente, à redução do número de espigas por planta e ao aumento do número de fileiras de grãos no comprimento das espigas, que se tornaram maiores.
Com o tempo, eram colhidas as plantas mais vigorosas, produtivas e de maior qualidade. Essas variações mais "fortes" contribuíram para o surgimento de variedades com capacidade de adaptação em altas e baixas altitudes, como é o relevo da América Central.
[...]
CONSELHO de informações sobre biotecnologia. Guia do milho: tecnologia do campo à mesa. p. 5. Disponível em: . Acesso em: 23 maio 2016.
Páginas 40 a 43
· Ao iniciar o assunto, retome os conceitos da primeira lei de Mendel, trabalhados no capítulo 1 . Reforce o as-
pecto histórico, importante para compreender os motivos pelos quais Mendel realizou seus estudos. Segundo alguns pesquisadores, a motivação das pesquisas realizadas por Mendel era auxiliar os agricultores de sua época a desenvolver plantas híbridas, que possuíssem as características desejadas, e ainda conseguir mantê-las nas gerações futuras. Além disso, apesar de viver em um mosteiro, Mendel possuía uma ampla rede de contatos com associações de agricultores e centros acadêmicos, e o fato de o mosteiro possuir uma ampla biblioteca facilitava seu acesso às informações científicas.
· Verifique se os alunos percebem que o cruzamento teste possibilita identificar se uma característica monoíbrida dominante está relacionada ao homozigoto (AA) ou heterozigoto (Aa).
Página 43
· Copie na lousa as situações apresentadas nessa página e realize a resolução das atividades passo a passo com os alunos. Se considerar oportuno, nesse momento, realize a atividade sugerida na Atividade complementar deste capítulo.
Páginas 44 e 45
· Ao abordar a seção Encontro com... Geografia destas páginas, relacione parte do sucesso da Revolução Verde aos trabalhos realizados por Mendel. Sobre isso, leia o trecho do texto a seguir.
A utilização da energia do petróleo na agricultura, na forma de máquinas e produtos químicos, causou uma verdadeira revolução no campo e permitiu alcançar um grau de artificialização dos agroecossistemas nunca visto antes.
Essa revolução provocada pelo petróleo foi acompanhada e alimentada por uma revolução ainda maior na área da seleção e melhoramento genético das plantas, que teve início com os trabalhos de Gregor Mendel, no final do século passado.
[...]
As descobertas de Mendel estabeleceram as
bases para o melhoramento genético científico.
O passo seguinte foi desvendar a química do gene, a estrutura do DNA, a linguagem da hereditariedade. Com isso, foram construídos os fundamentos para o próximo desafio: o desenvolvimento da capacidade técnica para retirar o gene de uma espécie e introduzi-la no código genético de outra, a denominada engenharia genética.
[...]
Mercadante, M. Da agricultura neolítica à segunda revolução verde: a história e o contexto da criação de organismos transgênicos. Brasília: Caderno Aslegis, 1999. v. 3. n. 7. p. 77. Disponível em:
. Acesso em: 24 maio 2016.

Baixar 135.06 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   73




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal