Biologia Marcela Yaemi Ogo Mapa de conteúdos e recursos Volume 3 Orientações para o professor



Baixar 135.06 Kb.
Página57/73
Encontro27.07.2022
Tamanho135.06 Kb.
#24380
1   ...   53   54   55   56   57   58   59   60   ...   73
Biologia 3 Orientações Professor
geografia-espa-o-e-identidade-levon-boligian-andressa-alves-3-c compress
355
5. a ) O fator Rh é um antígeno presente na superfície das hemácias.
b ) Porque o anticorpo anti-Rh só é produzido no organismo da mãe quando ela entra em contato com o antígeno Rh presente no sangue do bebê. Isso pode ocorrer quando uma mulher Rh- se casa com um homem Rh+ e gera um filho também Rh+. No momento do nascimento do primeiro filho, com o genótipo Rh+ , vários capilares sanguíneos se rompem na placenta, e o sangue do bebê entra em contato com o corpo da mãe, o qual inicia o processo de produção de anticorpos anti-Rh. Quando essa mulher ficar grávida novamente e o segundo filho também for Rh+, os anticorpos anti-Rh, agora presentes no sangue dela, podem reagir com os antígenos Rh presentes no sangue do bebê, podendo gerar graves reações.
c ) Se uma mulher Rh- se casar com um homem Rh+ heterozigoto, a probabilidade de o segundo filho desse casal desenvolver eritroblastose fetal é 1/2 ou 50%.
Proporção fenotípica é de 2 (sangue Rh+): 2 (sangue Rh-). A mãe só produzirá anticorpos contra o fator Rh se o primeiro filho apresentar o genótipo Rr. A probabilidade de esse fato ocorrer é 1/2 ou 50%.
6. Dominância incompleta e codominância. Em alguns casos, os alelos para uma determinada característica apresentam dominância incompleta, de modo que o indivíduo portador desse alelo com dominância parcial não apresentará uma característica dominante sobre a outra, e sim uma característica intermediária. Por exemplo, o cruzamento entre uma planta vermelha e uma planta branca gera uma planta cor-de-rosa, não havendo dominância da cor vermelha ou branca. Em casos de codominância, alelos de um indivíduo heterozigoto não expressarão o fenótipo dominante, mas sim uma mistura dos fenótipos dominante e recessivo. O sangue do tipo AB é um exemplo de codominância, no qual são expressos os fenótipos dos alelos IA IB .
7. Do cruzamento entre F1 (Ll × Ll), 110 plantas poderão ter raiz longa (LL), 110 (ll), raiz arredondada e 220, raiz oval (Ll).
Dados: F1 (Ll × Ll)
Proporção fenotípica:1 (raiz longa) :2 (raiz oval): 1 (raiz arredondada)
Número total de indivíduos: 440.
Porcentagem de nascimento de indivíduos LL (raiz longa):
25% ou 0,25. Então:
440 · 0, 25 = 110
Porcentagem de indivíduos Ll (raiz oval): 50% ou 0,50. Então: 440 · 0, 50 = 220 Porcentagem de indivíduos ll (raiz arredondada): 25% ou 0,25. Então:
440 · 0,25 = 110
Total = 110 indivíduos LL (raiz longa) + 220 indivíduos Ll (raiz oval) + 110 indivíduos ll (raiz arredondada) = 440 indivíduos.

Baixar 135.06 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   53   54   55   56   57   58   59   60   ...   73




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal