Biologia Marcela Yaemi Ogo Mapa de conteúdos e recursos Volume 3 Orientações para o professor



Baixar 135.06 Kb.
Página51/73
Encontro27.07.2022
Tamanho135.06 Kb.
#24380
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   73
Biologia 3 Orientações Professor
geografia-espa-o-e-identidade-levon-boligian-andressa-alves-3-c compress
- . Acesso em: 24 maio 2016.
· Trabalhe a intepretação dos gráficos da página 258 sobre a distribuição de água no planeta. É importante que os alunos percebam que, embora a água seja um recurso renovável, é um recurso limitado.
Páginas 259 a 272
· Ao abordar a relação entre saneamento básico e saúde (página 259), explique aos alunos que se trata de uma necessidade e um direito de cada cidadão. A ausência de tratamento de água e de esgotamento sanitário é indicador não só de qualidade ambiental, como de saúde pública. Por exemplo, a Síntese de Indicadores Sociais de 2014 apresenta alguns dados ainda preocupantes. Das residências brasileiras, apenas 70,6% apresentam todas as medidas de saneamento básico. Na região Norte esse percentual foi de apenas 21,2%, menor que no Nordeste (51,1%), no Sudeste (91,1%), no Sul (67%) e no Centro-Oeste (51,8%). Se considerar interessante, coloque esses dados na lousa, monte uma tabela e depois um gráfico, comparando os resultados para todas essas regiões. Peça aos alunos que comentem o que esses dados indicam. Questione se no local em que moram há tratamento de água e de esgoto, se há coleta de resíduos e drenagem da água das chuvas.
· O tratamento dos efluentes industriais e domésticos é imprescindível para o equilíbrio ambiental, pois grande parte dos poluentes da água provém do desvio de água contaminada para os corpos-d´água. Além disso, efluentes industriais podem conter substâncias não biodegradáveis e que podem chegar às cadeias alimentares aquáticas, levando à mortalidade desses seres vivos e do seu entorno.
· É importante diferenciar desertificação (página 269) de arenização. O primeiro ocorre em solos de locais de clima árido e semiárido. Já o segundo refere-se à degradação do solo em locais com clima úmido, onde se formam bancos de areia, que ficam expostos, sujeitos à ação da erosão eólica. A arenização tem relação com o desmatamento, à degradação do solo pela mineração, pelo pastoreio, o uso indiscriminado do solo, irrigação inadequada e ausência de manejo adequado. Em ambos os casos, ocorre a degradação do solo e, portanto, são problemas ambientais intensificados pela ação humana.
Páginas 273 a 276
· A sustentabilidade ou desenvolvimento sustentável (página 273) suscita maneiras de evitar problemas no presente e no futuro do planeta, a partir de medidas que cada pessoa tome em seu dia a dia. Retome alguns conceitos abordados no capítulo 9 deste volume. Relembre aos alunos que após irradiar-se pelo planeta, o ser humano promoveu mudanças, como a
349
domesticação de animais e o cultivo de plantas para alimentação. Deve-se ressaltar que a população humana continua crescendo. Estima-se que há 8000 anos não havia mais que 250 milhões de seres humanos; no século XVII, passou-se a 500 milhões, atingindo o dobro no século XIX. No século passado houve uma explosão da população humana, e, na virada do milênio, éramos mais de 6 bilhões. Questione os alunos se a disponibilidade de recursos aumentou da mesma maneira que a população humana. Peça que reflitam sobre o que será das próximas gerações (cada vez maiores, segundo as previsões biogeográficas) se os recursos continuarem sendo desperdiçados anualmente. Esses recursos incluem os alimentos, mas também a água (página 274), que constantemente recebe os resíduos não tratados, levando à redução da diversidade de vida aquática. O solo, um recurso aparentemente abundante, tem sido degradado e em muitos locais sua recuperação pode levar bastante tempo e ter alto custo ou pode não se recuperar, o que o torna impróprio para a agricultura ou o pastoreio, por exemplo. Os combustíveis fósseis estão entre os recursos não renováveis e a sociedade atual é totalmente dependente deles para a geração de energia, que é altamente poluente.
· Uma questão permanente é: quantas pessoas nosso planeta pode suportar e sustentar? A partir disso, deve-se buscar maneiras de mantê-lo, assim como os recursos que ele nos oferece.
· Grande parte dos problemas ambientais que sofremos está relacionada ao uso indiscriminado dos recursos e ao desperdício. Assim, uma das maneiras de contribuir com a conservação do planeta é evitar o desperdício de todo e qualquer recurso.
· Há especialistas que discordam que os recursos possam findar, pois acreditam que os avanços tecnológicos nos permitiram manter a Terra e reduzir a poluição. Existem também especialistas que discordam disso e defendem que não há retorno para os problemas ambientais atuais. Entretanto, o desenvolvimento sustentável defende um ponto de vista mais equilibrado. Veja no quadro a seguir.
FONTE: MILLER JR. G. Tyler. Ciência ambiental. São Paulo: Cengage Learning, 2008. p. 16.

Baixar 135.06 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   73




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal