Biologia Marcela Yaemi Ogo Mapa de conteúdos e recursos Volume 3 Orientações para o professor



Baixar 135.06 Kb.
Página29/73
Encontro27.07.2022
Tamanho135.06 Kb.
#24380
1   ...   25   26   27   28   29   30   31   32   ...   73
Biologia 3 Orientações Professor
geografia-espa-o-e-identidade-levon-boligian-andressa-alves-3-c compress
Refletindo sobre o capítulo
Página 163
Respostas
a) Esses continentes já foram unidos no passado, enquanto
a Pangeia se fragmentava. Provavelmente essa espécie vivia no continente Gondwana e, quando ele se dividiu, originando África e América do Sul, parte da população ficou em um continente e a outra ficou no outro continente e ambas evoluíram separadamente, até que foram extintas.
b) O bipedalismo, a redução no tamanho dos dentes, a mandíbula tornou-se menos robusta, o aumento da altura, a presença de uma linguagem falada e o aumento no tamanho do cérebro.
c ) Resposta pessoal. Espera-se que os alunos percebam que, na alimentação atual, grande parte dos alimentos é industrializada e há uma redução no consumo de alimentos in natura. Assim, problemas cardiovasculares e a obesidade têm sido reflexo da mudança de hábitos alimentares na atualidade.
d) Possíveis respostas: o tamanho do crânio, o tronco menos robusto, a face menos proeminente, a vida em sociedade, a cultura, a linguagem falada, entre outras.
Páginas 164 e 165
Explorando o tema
Objetivos
· Conhecer um breve histórico da comunicação humana. · Identificar diferentes formas de comunicação humana. · Reconhecer a importância da comunicação para a cultura humana.
· Identificar diferentes maneiras e espaços pelos quais a cultura é transmitida de uma geração para outra.
Comentários
Aproveite para retomar o estudo dos meios de comunicação, já abordados no Ensino Fundamental I e II. Trata-se de uma oportunidade para retomar os conhecimentos prévios dos alunos. Verifique se os alunos percebem que a comunicação foi fundamental para que uma pessoa pudesse falar com outra, mas também criou possibilidades para que o conhecimento pudesse ser compartilhado.
Diga aos alunos que Louis Braille nasceu em 1809, em Coupvray, na França. Um dia, quando brincava
com as ferramentas do pai, um seleiro, Louis acidentalmente atingiu um dos olhos. O resultado foi uma infecção que, com o tempo, atingiu o outro olho. Braille ficou cego aos cinco anos de idade. Em 1819, ele foi admitido no Instituto Real para Jovens Cegos, em Paris. Nesse local, os alunos repetiam em voz alta as explicações que escutavam. Existiam poucos livros com um método antigo de leitura para cegos. Um capitão de artilharia do exército francês, chamado Charles Barbier de la Serre, elaborou um sistema de sinais em alto relevo para transmitir ordens militares durante a noite. A combinação de pontos tinha significado, que era facilmente identificado pelos soldados. Ele acreditou que seu método poderia ser útil para pessoas com deficiência visual e o apresentou em 1820 na escola em que Braille estudava. Em pouco tempo, Louis já havia aprendido o novo método. Como o método apresentava problemas de grafia sonora, Braille elaborou um novo sistema, composto de
332
63 combinações que representavam as letras do alfabeto, os tipos de acentos, pontuação e sinais matemáticos. Propôs o uso de seu método em substituição ao de Barbier, o que foi aceito pelo diretor. Em pouco tempo, o método havia sido adotado em todo o instituto pelos alunos, que passaram a redigir textos, copiar livros e fazer suas próprias composições. Louis foi professor da instituição, onde aplicava seu método, mas encontrou resistência. Ele faleceu em 1952 sem ver seu método aceito, o que só ocorreu em 1954. Em 1977, seu método de comunicação foi considerado o melhor do mundo.
Ao trabalhar as questões, note que provavelmente a maioria dos alunos utiliza o celular como meio de comunicação predominante. Verifique se eles já enviaram
cartas e se este é um hábito presente em sua família. Ao trabalhar a questão b, auxilie os alunos, dizendo-lhes que o telefone já existia, mas poucas pessoas tinham acesso a ele. O rádio, a televisão e a internet surgiram apenas no século XX. As pessoas se comunicavam por meio de cartas, hábito pouco frequente nos dias atuais.
Os meios de comunicação evoluíram junto com a tecnologia, e as formas que utilizamos para nos comunicar uns com os outros também mudou. Peça que imaginem como seria se não pudessem se comunicar com pessoas que estivessem em outras cidades em tempo real. Enfatize que a comunicação não era tal como conheceram décadas atrás. Os alunos são nativos digitais, o que deve ser considerado no processo de ensino-aprendizagem. Sobre isso, leia o trecho do texto a seguir.
As experiências de usuários que nasceram com as mídias digitais - os nativos digitais, segundo Prensky (2001) - representam uma transformação significativa na forma como eles aprendem e produzem conhecimentos. Essa transformação deve fazer parte também do ambiente escolar, pois a motivação, engajamento e imersão com que essa geração interage com mídias digitais externas à escola precisa ser a mesma com que o aluno interage com o conteúdo programático de disciplinas escolares (Mattar, 2010). [...]
MORAIS, Dyego Carlos Sales de. Vírion: jogo educacional desenvolvido por alunos de nível médio. Revista de Informática Aplicada, v. 10, n. 2, 2014. p. 1. Disponível em: . Acesso em: 24 maio 2016.
Respostas
a) A comunicação possibilitou a transmissão da cultura, em que os conhecimentos são transmitidos de uma geração para outra.
b) Resposta pessoal.
c ) Resposta pessoal.
Atividade complementar
Evolução do Homo sapiens nas Américas
Objetivos

Baixar 135.06 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   25   26   27   28   29   30   31   32   ...   73




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal