Bakhtin, freire e vigotski


BAKHTIN, VYGOTSKY E FREIRE



Baixar 0.99 Mb.
Pdf preview
Página6/17
Encontro18.11.2022
Tamanho0.99 Mb.
#26034
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17
Degustacao Dialogos da educacao com Bakh
BAKHTIN, VYGOTSKY E FREIRE: 
tecendo fios, estabelecendo pontes dialógicas 
Maria Lúcia Serafim
1
Manassés Morais Xavier
2
Entendemos que a Teoria Dialógica da Linguagem (do Círculo de Bakh-
tin), a perspectiva Sócio-histórica, de Vygostky, e a visão freiriana de mundo 
social em mediação nos faz impulsionar o pensamento para fios que se tecem 
entre estes quando suas visões se artiulam pela dialogicidade. Para Bakhtin 
(2010b), os homens produzem sentidos pelo discurso; em Vygotsky (1996), 
pela compreensão do significado; e, em Freire (2006a), o diálogo constitui me-
diação para emanciapação. Os sujeitos fazem uso de signos linguístivos signi-
ficativos que se materializam em enunciados ditos em dada esfera social e a, 
deste modo, a comunicação, tomada como a realização concreta da interação 
discursiva, é a matriz geradora da linguagem, realidade fundamental dos elos 
possíveis.
Com base no apresentado até o momento, o presente capítulo surge com 
o objetivo principal de estabelecer o diálogo entre Bakhtin, Vygostsky e Freire
reconhecendo-os como ícones de estudos sobre as ciências humanas compro-
metidos com o pensamento de que, pela linguagem, o homem se constitui 
como sujeitos, como agentes que se emancipam no e pelo diálogo. 
Bakhtin e a interação discursiva 
Bakhtin (1895-1975), em sua vida e obra, percorreu por diversas áreas 
do conhecimento; e suas pesquisas se consolidam no campo da linguística, da 
psicanálise e da crítica literária. Todavia, é na linguagem que reside a centrali-
dade de seu pensamento. O filósofo russo situou seu interesse em desenvolver 
a prima filosofia. A conhecida filosofia do ato, de Bakhtin (2010b), seria uma 
introdução a um tratado de filosofia moral, ou seja, uma reflexão filosófica 
1 Doutoranda em Linguagem e Ensino pela Universidade Federal de Campina Grande. Professora no Departamento 
de Educação da Universidade Estadual da Paraíba. E-mail: 
maluserafim@gmail.com
2 Doutor em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba. Professor na Unidade Acadêmica de Letras e no 
Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Universidade Federal de Campina Grande. 
E-mail: 
manassesmxavier@yahoo.com.br


30
sociais, dispondo a linguagem como este fio condutor em que a história é 
entendida, analisada e (re)significada.

Baixar 0.99 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal