Atualização da Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade



Baixar 8.81 Mb.
Pdf preview
Página385/535
Encontro30.06.2021
Tamanho8.81 Mb.
1   ...   381   382   383   384   385   386   387   388   ...   535
Quadro 13.3 –
 Classe de Recomendação e Nível de Evidência das diretrizes elaboradas ou revisadas em 2015, relativas à reanimação 
neonatal avançada em sala de parto
Tópico
Recomendação
Classe de Recomendação Nível de Evidência
Massagem cardíaca
Recomenda-se realizar a massagem cardíaca no terço inferior do esterno, na 
profundidade aproximada de um terço do diâmetro anteroposterior do tórax
IIb
C
Massagem cardíaca
Sugere-se, como técnica preferível para a massagem cardíaca, o posicionamento 
dos dois polegares no esterno, com o restante das mãos envolvendo o tórax
IIb
C
Massagem cardíaca
Recomenda-se, durante a massagem cardíaca, o uso da razão 3:1 (3 compressões 
intercaladas com 1 ventilação), perfazendo 90 compressões e 30 ventilações por 
minuto 
IIa
C
Massagem cardíaca
Sugere-se o uso da razão 15:2 (15 compressões intercaladas com 2 ventilações) 
apenas para RN com colapso cardiovascular decorrente de cardiopatia congênita
IIb
C
Massagem cardíaca
Sugere-se o uso do oxigênio a 100% para VPP durante a massagem cardíaca
IIa
C
Massagem cardíaca
Recomenda-se a diminuição gradual do oxigênio suplementar, assim que houver 
recuperação da FC para evitar a hiperóxia 
I
C
Interrupção da reanimação
Sugere-se que, em RN com assistolia após 10 minutos de reanimação, é razoável 
interromper a reanimação. Entretanto a decisão de continuar ou interromper a 
reanimação deve ser individualizada
IIb
C
RN: recém-nascido; VPP: ventilação com pressão positiva; FC: frequência cardíaca.
582

1   ...   381   382   383   384   385   386   387   388   ...   535


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal