Atualização da Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade



Baixar 8.81 Mb.
Pdf preview
Página374/535
Encontro30.06.2021
Tamanho8.81 Mb.
1   ...   370   371   372   373   374   375   376   377   ...   535
575


Atualização
Atualização da Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados 
Cardiovasculares de Emergência da Sociedade Brasileira de Cardiologia – 2019
Arq Bras Cardiol. 2019; 113(3):449-663
Unidades Federativas brasileiras, sendo divulgadas em janeiro 
de 2016.
1061-1063
 Tais diretrizes tomaram por base as revisões 
sistemáticas e recomendações elaboradas pela força-tarefa 
neonatal do ILCOR
1064
 e as diretrizes em reanimação neonatal 
da América do Norte
1065
 e da Europa.
1066
O fluxograma resume os principais procedimentos que 
podem ser necessários para a reanimação em sala de parto 
(Figura 13.1).
13.2. Preparo para a Assistência 
O preparo para a assistência ao nascimento inclui a 
obtenção da anamnese materna, o preparo dos equipamentos 
e a disponibilização de equipe capacitada a reanimar o 
RN. A anamnese materna detalhada possibilita a detecção 
de situações no período pré-natal e no trabalho de parto 
e parto, que chamam atenção para a possível necessidade 
de reanimação. Equipamentos para avaliação do paciente, 
manutenção da temperatura, aspiração e ventilação, além das 
medicações, devem estar preparados, testados e disponíveis 
em local de fácil acesso, antes de qualquer nascimento, 
conforme quadro 13.1.
1061-1063
 É fundamental que pelo menos 
um profissional de saúde capaz de realizar os passos iniciais e a 
VPP por meio de máscara facial esteja presente em todo parto. 
A única responsabilidade desse profissional deve ser atender 
ao RN. Quando, na anamnese, identificam-se fatores de risco 
perinatais, podem ser necessários dois a três profissionais 
treinados e capacitados a reanimar o RN de maneira rápida e 
efetiva. Desse grupo de profissionais, pelo menos um médico 
apto a intubar e indicar massagem cardíaca e medicações 
precisa estar presente na sala de parto − de preferência um 
pediatra. No caso de prematuro, é necessária a presença de 
dois a três profissionais de saúde aptos a realizarem todos 
os procedimentos de reanimação neonatal. Desse grupo de 
profissionais, pelo menos um pediatra apto a intubar e indicar 
massagem cardíaca e medicações precisa estar presente na 
sala de parto. É preciso decidir quem vai ser o líder e quais 
os papéis e as responsabilidades dos membros da equipe 
antes do nascimento. A atuação coordenada da equipe, com 
comunicação efetiva entre seus membros, confere qualidade 
ao atendimento e segurança ao paciente.
1065,1066
Para a recepção do RN, utilizar precauções padrão que 
compreendem lavagem/higienização das mãos e uso de luvas, 
aventais, máscaras ou proteção facial, para evitar o contato do 
profissional com material biológico do paciente.
1067
13.3. Avaliação da Vitalidade ao Nascer
A reanimação depende da avaliação simultânea da FC 
e da respiração imediatamente após o nascimento. A FC é 
o principal determinante da decisão de indicar as diversas 
manobras de reanimação e deve ser avaliada inicialmente 
por meio da ausculta do precórdio com estetoscópio. 
Uma vez indicada a VPP, recomenda-se o uso do monitor 
cardíaco, pois permite a detecção acurada, rápida e contínua 
da FC.
1061-1066
 Na avaliação feita pelo monitor cardíaco nos 
minutos iniciais depois do nascimento, o objetivo primário 
é o acompanhamento da FC, e não a detecção de ritmos 
anômalos no traçado eletrocardiográfico. Ressalta-se que a 
avaliação da coloração da pele e das mucosas do RN não é 



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   370   371   372   373   374   375   376   377   ...   535


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal