Atualização da Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade


Recomendações gerais para manejo das doenças da aorta durante a gestação



Baixar 8.81 Mb.
Pdf preview
Página288/535
Encontro30.06.2021
Tamanho8.81 Mb.
1   ...   284   285   286   287   288   289   290   291   ...   535
 Recomendações gerais para manejo das doenças da aorta durante a gestação
Recomendação
Classe de Recomendação
Nível de Evidência
Mulheres com síndrome de Marfan ou outras doenças conhecidas da aorta devem ser orientadas quanto ao 
risco de dissecção durante a gestação e de ocorrência da doença nos filhos
I
C
Exames de imagem (TC ou RM) devem ser realizados antes da gestação em mulheres com síndrome de 
Marfan ou outras doenças da aorta
I
C
Mulheres com síndrome de Marfan e dilatação da aorta ascendente maior que 45 mm devem ser submetidas a 
tratamento cirúrgico antes da gestação 
I
C
Em mulheres gestantes com aneurisma de aorta, história de dissecção tipo B ou predisposição genética para 
dissecção devem ser tratadas com controle rígido de pressão arterial
I
C
Ecocardiogramas seriados a cada 4 a 8 semanas devem ser realizados durante a gestação em pacientes com 
dilatação de aorta ascendente
I
C
RM sem gadolíneo é recomendada para avaliação da aorta ascendente distal, arco aórtico e aorta descendente 
em pacientes gestantes com alterações nesses segmentos 
I
C
Em mulheres com valva aórtica bicúspide, avaliação da aorta ascendente com exame de imagem é 
recomendada 
I
C
Em mulheres com aorta ascendente < 40 mm, a via de parto vaginal deve ser preferida
I
C
Mulheres com dilatação da aorta ou história de dissecção devem ser submetidas ao parto em centro com 
disponibilidade de cirurgia cardiotorácica
I
C
Em paciente com aorta ascendente > 45 mm, a realização de cesárea deve ser considerada
I
C
O tratamento cirúrgico pré-grestacional deve ser considerado em mulheres com valva aórtica bicúspide 
associado a diâmetro > 50 mm (ou > 27 mm/m² de superfície corpórea)
IIa
C
Cirurgia profilática deve ser considerada durante a gestação se o diâmetro da aorta for ≥ 50 mm e estiver 
aumentando rapidamente
IIa
C
Na síndrome de Marfan ou outras pacientes com aorta entre 40-45 mm, a via vaginal com anestesia epidural 
deve ser considerada
IIa
C
Na síndrome de Marfan ou outras pacientes com aorta entre 40-45 mm, cesárea pode ser considerada
IIb
C
Pacientes com dissecção tipo B devem ser orientadas a não engravidar
III
C
TC: tomografia computadorizada; RM: ressonância magnética.
10.13. Valva Aórtica Bicúspide 
Revisão da literatura mostrou que 6% das gestantes com 
dissecção de aorta tinham valva aórtica bicúspide.
883,886
 Todas 
as gestantes com valva aórtica bicúspide descritas nesta 
revisão apresentaram alguma complicação cardiovascular 
(Quadro 10.7).
804,886 
10.14. Parada Cardiorrespiratória
As recomendações no quadro 10.8 são baseadas nas 
condutas para tratamento de PCR propostas pela AHA.
875
  



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   284   285   286   287   288   289   290   291   ...   535


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal