Atualização da Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade



Baixar 8.81 Mb.
Pdf preview
Página238/535
Encontro30.06.2021
Tamanho8.81 Mb.
1   ...   234   235   236   237   238   239   240   241   ...   535
Quadro 8.7 –
 Escore de hemorragia intraparenquimatosa cerebral
Componente
Pontos
Escala de coma de Glasgow
3-14
2
5-12
1
13-15
0
Volume do hematoma
≥ 30 cm
3
1
30 cm3
0
Hemorragia intraventricular
Sim
1
Não 
0
Origem infratentorial
Sim
1
Não 
0
Idade
≥ 80 anos
1
< 80 anos
0
Toral
0-6
Adaptada de Hemphill et al., 2001.
683
Qualquer condição clínica que impeça a correta troca 
gasosa pode causar asfixia e consequente hipoxemia 
(Quadro 9.1).
O ritmo de PCR mais frequente associado a esta condição 
é a AESP, que se instala após 5 a 10 minutos da obstrução 
da via aérea.
725
 
Nesse grupo, deve-se priorizar ventilação efetiva associada 
ao aporte suplementar de oxigênio.
726
 A sobrevida, no 
entanto, é bastante reduzida (cerca de 3%), quando o fator 
desencadeante é enforcamento.
726,727
 Em virtude da hipóxia, 
os sobreviventes, com frequência, evoluem com sequelas 
neurológicas significativas.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   234   235   236   237   238   239   240   241   ...   535


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal