Apostila básica de hardware Histórico Evolutivo dos Computadores



Baixar 3.87 Mb.
Página1/155
Encontro13.12.2019
Tamanho3.87 Mb.
#4772
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   155

Apostila básica de hardware

Histórico Evolutivo dos Computadores



A Evolução dos Computadores
Há momentos, na história da humanidade, em que uma descoberta, um evento, muda completamente o curso dos acontecimentos. Assim ocorreu com a descoberta do fogo, o advento da escrita, a invenção da moeda, a descoberta da eletricidade.
Agora é a vez da Informática. Recentemente, na área da eletrônica, houve um verdadeiro salto qualitativo com o desenvolvimento dos transistores, em seguida, dos circuitos integrados. Isso permitiu a difusão em grande escala dos computadores e deu à Informática um lugar de enorme destaque na sociedade moderna. Hoje os computadores já estão nos escritórios, e em nossas casas como uma presença tão familiar quanto a mais comum Tv a cores. Estamos vivendo o momento em que a revolução da informática muda o curso da história e acelera o ritmo das conquistas do homem, abrindo horizontes que antes sequer existiam na ousada imaginação dos escritores de ficção científica.
De todas as máquinas que o homem inventou para servi-lo, uma se destacou bem mais que as outras: o Computador Eletrônico.
Um computador é uma máquina que processa e armazena dados eletronicamente, e que pode ser programada para realizar as mais diversas tarefas.
Embora simples esta definição nos indique que o computador não é capaz de criar informações a partir do nada. Ele apenas faz o que nós o instruímos a fazer sobre os dados que lhe fornecemos. Portanto, ele tem que receber informações iniciais (dados de entrada), tem que receber as instruções (que lhe indicam o que fazer com as informações recebidas) e só então produz resultados (dados de saída).
Isso quer dizer que não adianta fazer ao computador perguntas para as quais ele não recebeu informações e instruções necessárias. Não adianta colocar um $ na frente de um número e esperar que o computador entenda que se trata de reais ou dólares.
Ele não vai entender que um determinado número corresponde a uma quantia apenas por estar associado a um item com nome, salário ou preço. Se você quer que isso aconteça, você precisa relacionar estes objetos no programa. Se você quer que os valores sejam calculados com aproximação de duas casas decimais e, além disso, arredondá-los para cima você tem que instruí-lo a fazer isso. E assim por diante.
Isso mostra que não há muito mistério no funcionamento de um computador. Há, isto sim, muito trabalho para programá-lo de maneira correta, eficiente e que facilite a vida do usuário.
Alguém já disse, com propriedade, que o computador é um ser completamente ignorante, mas com excelente capacidade de memorização e rapidez de execução de instruções, desde que estas instruções sejam absolutamente precisas, sem ambigüidade, e estejam em uma linguagem que ele possa entender.
Mas, se as coisas são assim, quais as vantagens de utilizarmos o computador ? Parte da resposta já está dada: sua enorme capacidade de memória e sua velocidade de processamento. Além disso, embora muita gente o critique, ele é extremamente confiável. A maioria dos erros identificados nos resultados emitidos por computador não passam de erros dos usuários, operadores ou programadores - isto é, erros humanos.

Existe ainda uma outra razão para a grande utilização dos computadores hoje em dia: a sua flexibilidade. Um mesmo equipamento, com programas diferentes, pode ser utilizado para vários propósitos em inúmeras áreas de trabalho: processamento de textos, planejamento financeiro, cálculos orçamentários, jogos, composição musical, artes gráficas, automação bancária, etc.


A Figura 2.1 lista algumas das máquinas marcantes a serem discutidas neste texto.


1834

Máquina Analítica

Babbage

Primeira tentativa de se construir um computador digital

1936

Z1

Zuse

Primeira máquina calculadora a relés a funcionar

1943

COLOSSUS

Governo britânico

Primeiro Computador eletrônico

1944

Mark I

Aiken

Primeiro computador americano de uso geral

1946

ENIAC I

Eckert/Mauchley

A historia do computador moderno começa aqui

1949

EDISAC

Wilkes

Primeiro computador de programa armazenado

1951

Whirlwind I

M.I.T.

Primeiro computador de tempo real

1951

UNIVAC I

Eckert/Mauchley

Primeiro computador vendido comercialmente

1952

IAS

von Neumann

A maioria das máquinas atuais utiliza este projeto

1960

PDP-1

DEC

Primeiro minicomputador (50 vendidos)

1961

IBM 1401

IBM

Máquina comercial de pequeno porte muito popular

1962

IBM 7094

IBM

Dominou a computação científica no início dos anos 60

1963

B5000

Burroughs

Primeira máquina projetada para uma linguagem de alto nível

1964

IBM 360

IBM

Primeira linha de produtos projetados como uma família

1964

CDC 6600

CDC

Primeira máquina com amplo uso de paralelismo internamente

1965

PDP-8

DEC

Primeiro minicomputador de venda em massa (50.000 vendidos)

1970

PDP-11

DEC

Minicomputadores que dominaram os anos 70

1974

8080

Intel

Primeira CPU de uso geral em uma pastilha

1974

CRAY-1

Cray

Primeiro supercomputador

1978

VAX

DEC

Primeiro supermini de 32 bits

Figura 2.1 - Alguns marcos importantes no desenvolvimento do computador digital



Baixar 3.87 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   155




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal