Análise espaço-temporal da Hanseníase no Estado de São Paulo (2008-2014) e sua relação com fatores sociais, ambiental e de serviços de saúde



Baixar 16.5 Kb.
Página2/4
Encontro17.03.2020
Tamanho16.5 Kb.
1   2   3   4

OBJETIVO DO ESTUDO

Identificação de áreas prioritárias para o controle da hanseníase no Estado de São Paulo e sua relação com as variáveis socioeconômicas de serviços de saúde


PREMISSA

VARIÁVEL

FONTE

DESCRIÇÃO

Quanto maior a desigualdade de distribuição de renda maior a taxa de detecção de MH

Índice de Gini

IBGE (2010)

Parâmetro para medir a desigualdade de distribuição de renda entre os países

Quanto menor nível de escolaridade maior taxa de detecção de MH

Escolaridade – Taxa de Analfabetismo

IBGE (2010):

Refere-se ao percentual de pessoas com 15 anos ou mais de idade que não sabem ler e escrever, pelo menos um bilhete simples no idioma que conhecem, na população total residente da mesma faixa etária.

Quanto pior as condições de vida da população maior taxa de detecção de MH

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal

SEADE (2010)

Saúde – mensurada pela expectativa de vida ao nascer; Educação – mensurada pela escolaridade da população adulta e o fluxo escolar da população jovem;

Renda – mensurada pela renda per capita.



Quanto maior a cobertura de Atenção Básica, mais acesso à população, menor a taxa de detecção de MH

Cobertura de Equipes de AB

 


DATASUS

(2008 – 2014)



Número de Unidades AB ÷ População *100

Quanto maior o número de contatos intradomiciliares examinados menor a taxa de detecção de MH

Contatos Examinados

DATASUS

(2008 – 2014)



Número de Contatos Intradomiciliares examinados

Quanto maior a detecção de formas clínicas Indeterminada menor a taxa de detecção de MH

Forma Clínica Indeterminada

DATASUS

(2008 – 2014)



Número de doentes diagnosticados com forma clínica indeterminada

Local de residência em zona rural, maior a taxa de detecção de MH

Local de Residência Rural

 


DATASUS

(2008 – 2014)



Número de doentes residentes em zona rural



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal