Alice rosa de sena ferrari



Baixar 246.26 Kb.
Página1/6
Encontro16.03.2020
Tamanho246.26 Kb.
  1   2   3   4   5   6




PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO



DIRETRIZES DA LEI Nº10.639/03 E AS VISÕES DA ÁFRICA EM LIVROS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DE HISTÓRIA

ALICE ROSA DE SENA FERRARI

Projeto de Pesquisa apresentado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação para cadastro no SGP e Plataforma Brasil.

Orientadora: Profª Dra. Maria de Fátima Salum Moreira





Presidente Prudente-SP

2015


Diretrizes da Lei nº10.639/03 e as visões da África em livros didáticos para o ensino de História
RESUMO

 

Esta investigação tem como objeto o estudo do modo como as Diretrizes da Lei nº10. 639/03 estão expressas e concretizadas em livros didáticos para o ensino de História no Programa Nacional do Livro Didático-PNLD 2016. A pesquisa identifica-se por uma natureza qualitativa com base bibliográfica e documental, fundamentando-se teoricamente em estudos culturais e sociológicos. Será iniciada por meio de levantamento e estudo de resultados de pesquisas sobre o ensino de História na temática africana, em livros didáticos brasileiros.   Em continuidade, se pautará pelo exame da Lei nº 10.639/03 e suas Diretrizes. Ao exame de tal base documental se somará a exploração do Guia de Livros Didáticos e das coleções de História para o 4º e 5os anos do Ensino Fundamental, as quais foram aprovadas pelo PNLD 2016. O objetivo principal é compreender quais visões da África são apresentadas nas noções e conteúdos veiculados nos livros didáticos para o ensino de História. Como objetivos específicos temos: a) conhecer os resultados de pesquisas sobre a temática africana em livros didáticos, no Brasil; b) identificar “como” a temática da História da África é abordada nos livros didáticos do PNLD – História- 2006 e qual é a sua conformidade com as orientações constantes das diretrizes da Lei nº. 10.639/03; c) verificar as visões sobre a África e os africanos contidas nos conteúdos e noções históricas presentes nos livros didáticos e seus respectivos pareceres, conforme apontados no Guia do PNLD –História 2016; d) realizar o cotejamento entre os livros didáticos e determinadas perspectivas críticas que já foram propostas para o ensino de História da África.



A pesquisa estabelecerá diálogos com os estudos culturais que destacam as relações de poder implicadas nas práticas de diferenciação e identificação dos sujeitos, através do currículo, da organização da escola e das políticas educacionais. Para a organização e sequência dos procedimentos de análise dos diversos registros textuais em estudo, serão utilizadas as proposições indicadas por Maria Cecilia Minayo.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal