Alice Correia Gonçalves Vitor kaliana Mendes da Silva Carla Bismarck Lopes resumo



Baixar 318.21 Kb.
Pdf preview
Página1/9
Encontro10.05.2022
Tamanho318.21 Kb.
#22959
  1   2   3   4   5   6   7   8   9
TRABALHO EV140 MD1 SA19 ID2304 30092020201056


 
ANÁLISE DAS PRINCIPAIS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELOS 
PROFESSORES QUANTO AO ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 
EM MEIO A PANDEMIA DO COVID-19 
 
Alice Correia Gonçalves Vitor

Kaliana Mendes da Silva 
2
Carla Bismarck Lopes

RESUMO 
A reorganização das escolas causada pela pandemia do Covid-19 gerou uma permuta do ensino 
presencial pelo remoto e essa nova maneira de ensinar desencadeou muitas mudanças na prática 
docente. Mediante esse novo cenário foi realizada uma pesquisa com professores da área de ciências 
da natureza, aplicou-se um questionário on-line com o objetivo de analisar e compreender as 
principais dificuldades enfrentadas por eles nesse novo cenário. Os resultados apontam que uma das 
principais dificuldades está relacionada à falta de habilidade na utilização das tecnologias como 
potencial educativo e também, a ausência da participação efetiva dos estudantes no ensino remoto. 
Tornando-se imprescindível a formação continuada de qualidade para professores e recursos que 
promovam o envolvimento e motivação dos estudantes nas aulas não presenciais. 
 
Palavras-chave: Ciências da Natureza, Dificuldades, Pandemia, Professores.
 
INTRODUÇÃO 
 
O ano de 2020 iniciou-se com várias mudanças na educação, pois foi marcado pela 
pandemia do Covid-19, uma doença que afeta principalmente o trato respiratório, é 
transmitida por meio de gotículas e tem como profilaxia o isolamento social para diminuir o 
seu contágio. Por isso, foi necessário o fechamento de alguns estabelecimentos, inclusive as 
escolas (CUNHA JUNIOR et al., 2020) .
A forma que os órgãos de educação encontraram para continuar o ano letivo foi a 
mudança de aula presencial por remota que é o ensino intermediado pelas tecnologias, sendo 
considerada por muitos um modelo mais simples da educação a distância (EaD). Essa 
metodologia causou muita insegurança e medo nos docentes, já que muitos não tinham a 
tecnologia 
como 
ferramenta 
de 
ensino 
(BORBA 
et 
al., 
2020).
1
Pós- Graduanda do Curso de Metodologia do ensino de Biologia da Faculdade Leonardo Da Vinci- Uniasselvi, 
alice_vitor@hotmail.com
 
2
Pós-Graduada pelo Curso de Ensino de Biologia da Universidade de Cândido Mendes - UCAM, 
kaliana13@hotmail.com
 
3
Professor orientador: Mestra em Biotecnologia Industrial - Universidade Federal de Pernambuco- UFPE, 
quimicacarla@yahoo.com.br
 


Esse momento inesperado fez com que muitos professores buscassem nas tecnologias uma 
maneira de reiventar e aprimorar a sua prática pedagógica. E, sobretudo, superar os possíveis 
desafios impostos pela pandemia
no âmbito educacional.
Muitas dificuldades tornaram-se evidentes nesse cenário atual, como por exemplo, a 
falta de engajamento de muitos estudantes nas aulas não presenciais por diferentes motivos e 
principalmente, a dificuldade de alguns professores em aliar as tecnologias digitais as suas 
metodologias de ensino. De acordo com Reses (2010), as dificuldades se iniciam por os 
professores não saberem manusear a tecnologia e seus aplicativos de ensino e parte disso se 
deve a falta de formação sobre o assunto. 
Frente a essas questões e considerando
a interrupção das aulas presenciais, devido à 
pandemia do Covid-19, esse trabalho tem como objetivo trazer algumas considerações 
pertinentes a essa nova realidade e analisar as principais dificuldades enfrentadas no ensino 
remoto pelos professores da área de ciências da natureza. 

Baixar 318.21 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal