AcentuaçÃo gráfica já contendo as alterações do acordo ortográfico



Baixar 41.77 Kb.
Página1/3
Encontro13.06.2020
Tamanho41.77 Kb.
  1   2   3

ACENTUAÇÃO GRÁFICA

Já contendo as alterações do acordo ortográfico


Não se usa mais o trema de acordo com o novo acordo ortográfico, permanecendo apenas nas palavras estrangeiras e seus derivados. Ex. Müller, mülleriano.
1 – todas as proparoxítonas são acentuadas. Ex. lâmpada, Júpiter.
2 – são acentuadas todas paroxítonas terminadas em:

us – vírus, bônus.

i, is – táxi, lápis, grátis.

um, uns – álbum, álbuns.

l – incrível, útil.

r – éter, mártir.

ão(s), ã(s) – bênção, órgão, órfãos, órfã, ímã.

x – tórax, ônix.

ps – bíceps, fórceps.

n(s) – prótron, elétrons.

Ditongo oral, crescente ou decrescente, seguido ou não de “s”. Ex. água, árduo, pônei, cáries, mágoas.
3 – são acentuadas as oxítonas terminadas em:

a (s) – Pará, vatapá, irás.

e (s) – você, café, jacarés.

o (s) – jiló, cipó.

em, ens – parabéns, vintém, armazém.
4 – são acentuados os monossílabos

tônicos terminados em:

a(s) – pá, vá, gás, Brás.

e(s) – pé, fé, mês, três.

o(s) – só, pó, nó, nós.
5 – hiatos – quando a segunda vogal for “i” ou “u”, tônicos, acompanhados ou não de s, haverá acento. Ex.saída, proíbo, caíste, saúva, viúva, aí.
- Se o i for seguido de nh, não haverá acento. Ex. rainha, moinho, tainha, campainha.
- Quando a vogal i ou u forem acompanhados de outra letra que não s na mesma sílaba, não haverá acento. Ex. ruim, juiz, Raul, cairmos, contribuinte.
- Também não haverá acento se a vogal “i” ou u” se repetirem. Ex. vadiice, sucuuba, mandriice, xiita.
6 - (a.o.) Nas paroxítonas o “i” e o “u” não são acentuados quando vierem depois de um ditongo. Ex. feiura, bocaiuva, baiuca.

Obs. Se a palavra for oxítona e o “i” ou o “u” ( seguidos ou não de s ) estiverem em posição final mesmo depois de um ditongo o acento permanece. Ex. tuiuiú(s), Piauí.


7 – ditongos – o acento na vogal tônica dos ditongos ei, eu, oi, desde que sejam abertos. Ex. anéis, aluguéis. céu, chapéu, réu.
- (a.o.) O “ei” e o “oi” dos ditongos abertos das paroxítonas não são acentuados. ideia, geleia, alcateia, androide.
- Não será acentuado se apresentar timbre fechado. Ex. azeite, manteiga, eu, judeu, apoio, comboio.
- Não haverá acento se o ditongo for aberto, mas não tônico, isto é se a sílaba tônica não for no ditongo. Ex. chapeuzinho, ideiazinha, pasteizinhos.
8 – as formas verbais associadas a pronomes oblíquos, leve em conta apenas o verbo seguindo a regra normalmente. Ex. cortá-lo, incluí-lo.
9 – acentos diferenciais

Verbos ter e vir e seus derivados.

3ª pessoa do 3ª pessoa do

singular plural

tem têm

vem vêm


convém convêm

mantém mantêm

detém detêm

obtém obtêm

intervém intervêm

provém provêm


continua

pode / pôde – presente do indicativo / pretérito.

Por / pôr – preposição / verbo.
10 - O uso é faculcativo em:

Forma / fôrma – utensílio/característica

Demos/ dêmos – pretérito perfeito do indicativo/presente do subjuntivo
10 - não se usa mais o acento que diferenciava as palavras:

Para / pára.- preposição/presente do indicativo

Pela, pelas / péla, pélas. – preposição/presente do indicativo

Pelo, pelos /pélo/ pêlo, pêlos. – preposição/presente do indicativo/substantivo

Polo, polos / pólo, pólos. – preposição arcaica/substantivo

Pera / pêra. substantivo arcaico (pedra)/substantivo
– não se usa mais o acento das palavras terminadas em eem e oo(s).



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal