Acampar é viver uma aventura tendo apenas a natureza e uns aos outros



Baixar 1.32 Mb.
Pdf preview
Página1/23
Encontro06.09.2021
Tamanho1.32 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   23


Acampar é viver uma aventura

tendo apenas a natureza e uns aos outros. 

iniciativa

realização

apoio

Acampando 



com crianças


01

Acampar para quê?

A natureza tem o poder de tornar as crianças mais saudáveis e mais 

felizes. Durante décadas, meninos e meninas tiveram tempo, espaço 

e liberdade para subir em árvores, andar de bicicleta na vizinhança 

e desaparecer por uma tarde inteira explorando os limites do bairro 

e da cidade. Mas, ao longo das últimas gerações, a infância mudou 

para dentro de espaços fechados e controlados, fazendo com que 

muitas crianças cresçam acreditando que lá fora não acontece nada 

interessante e que toda a diversão está dentro de casa e nas telas de 

seus dispositivos. 

Essa tendência mundial tem implicações profundas no 

desenvolvimento das crianças - e no futuro do nosso 

planeta, afinal se você cresce sem interesse e amor pelo 

mundo natural, o que vai te mobilizar a tentar conser-

vá-lo no futuro?

Estudos recentes apontam que o contato diário com a natureza, es-

pecialmente por meio do livre brincar, ajudam na promoção da saú-

de física, mental e no desenvolvimento de habilidades cognitivas, so-

ciais, motoras e emocionais das crianças. Por isso, precisamos pensar 

com urgência em caminhos de desemparedamento da infância para 

que meninos e meninas possam crescer saudáveis e desenvolver um 

vínculo afetivo com o mundo natural. 

Não há uma fórmula para isso, mas uma coisa é fato: 

precisa envolver todo mundo - responsáveis, educa-

dores, escolas, cidades, poder público.

Esse guia tem como objetivo incentivar mais pessoas a 

experimentarem uma maneira pouco frequente de in-

cluir natureza na vida das crianças no Brasil: acampar 

em áreas naturais protegidas. 

Acreditamos que acampar é uma vivência tão especial e intensa que 

é como se vivêssemos dois meses em dois dias. Muita coisa acontece 

conosco: aprendemos a reconhecer nossas possibilidades e limites, 

exercitando nossa autonomia e lidando com riscos. 




02

Cooperamos e nos responsabilizamos por nós mesmos e pelo próxi-

mo. Experimentamos escutar, ceder, liderar e seguir. Percebemos que 

é possível viver e ser feliz com muito pouco e assim damos um passo 

a mais no sentido de distinguir o essencial do supérfluo. 

E então, subitamente, nos pegamos gostando de aventuras ao ar li-

vre e nos encantamos pelo imenso mundo que dividimos com tantas 

outras formas de vida. 

Dormir sob as estrelas, conversar no escuro da barra-

ca, sentir a proximidade da natureza, cozinhar juntos 

ao ar livre e conviver em família desconectados de ele-

trônicos são vivências inesquecíveis compartilhadas 

por pais, mães e filhos. 

Afinal, durante milhares e milhares de anos éramos só nós e a nature-

za, e viver novamente um pouco essa proximidade é uma experiên-

cia incomparável.

A outra razão que nos motivou a escrever esse guia é o 

fato de que o Brasil é um país com muito potencial para 

a atividade de camping em áreas naturais, com clima 

propício e lugares incríveis que, como sociedade, de-

cidimos separar como patrimônio de todos os brasilei-

ros: nossos parques nacionais.

 



03

Essas paisagens fazem parte de um grande conjunto de áreas pro-

tegidas, também conhecidas como unidades de conservação, e in-

cluem florestas, praias ou chapadas. São ambientes e habitats muito 

variados onde a natureza ainda é pouco domesticada pelo homem, 

não há estradas pavimentadas, as trilhas são vazias, há pouco sinal de 

celular e o mato vai até onde a vista alcança. É lá que moram cobras, 

onças pintadas e antas, e as crianças vibram quando têm a experiên-

cia de conhecer esses lugares com seu corpo e alma.

 

À primeira vista, acampar com crianças pode parecer 



um desafio muito grande, mas na verdade é mais fácil 

do que se imagina...  e mais barato também. Aliás, esse 

é um aspecto importante: acampar é uma das opções 

mais acessíveis de férias em família, e mais divertidas 

também.

 

É claro que muitos pais e mães se preocupam com os riscos dessa 



experiência e não há como negar que eles existem. Não só os ineren-

tes ao contato com a natureza, como picadas, alergias, insolação ou 

hipotermia, mas também aqueles advindos da lida com fogareiros e 

preparo dos alimentos. 

Mas é vivendo que se aprende! E quando uma criança vive situações 

desafiadoras na companhia de adultos nos quais confia, e que es-

tão ali para mostrar que é possível superá-las com cuidados, técnica 

e respeito pela natureza, ela estará muito mais equipada para lidar 

com situações semelhantes no futuro. Esse é o maior investimento 

que podemos fazer em relação à segurança das crianças. 

Se você tem vontade de fazer uma viagem diferente e 

acha que uma pequena (ou talvez grande!) aventura 

pode ser bacana, esse guia é para você!

Ele traz ideias e informações práticas para quem quer 

explorar o mundo ao ar livre acampando com crianças.

Recado para as mães e os pais: 

sabemos que poucas coi-

sas são tão valiosas para nossos filhos quanto nossa presença real 

e inteira. Acampar com eles é uma das formas mais potentes de 

estar presente: dividindo uma pequena barraca, cozinhando e co-

mendo juntos, andando lado a lado. E, mais ainda, escolher passar 

alguns dias acampando revela às crianças o valor que damos à na-

tureza e o prazer que sentimos por estar ao ar livre, especialmente 

na sua companhia. 

Recado para as crianças:

 quando foi a última vez que você 

acampou com seu pai, sua mãe ou com amigos? Se a resposta foi 




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   23


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal