A mulher no fim do mundo



Baixar 246.19 Kb.
Página34/37
Encontro20.06.2021
Tamanho246.19 Kb.
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   37
14) EXT - NOITE - PRAIA

BENEDITA e LUA chegam no mar. Lua carrega o CESTO e Benedita a VARA DE BAMBU. Lua descalça os pés e sente os grãos de  areia devorarem seus dedos. Ela anda até o mar e Benedita a observa com ternura. Lua sente a maré cobrir seus pés.


Benedita segura as pequenas e magras mãos de LUA e a ajuda a arremessar o anzol ao mar. Quando Lua consegue ter domínio sobre a vara, elas se sentam e aguardam em silêncio sob a luz do luar.

Lua de repente sente a vara trepidar. Benedita se sobressalta e levanta para ajudar a garota. Enquanto Lua segura a vara com firmeza, Benedita recua a manivela da vara com agilidade. Quando o gancho do anzol atinge a superfície, vê-se um pequeno peixe se debater. Benedita retira com cuidado o animal inquieto e entrega nas mãos de Lua. Ela a observa com orgulho. Lua, por outro lado, observa o peixe, que se debate em suas mãos, com tristeza, como se conseguisse sentir sua agonia. Ela então caminha até a beira das pedras e o joga de volta ao mar.

Lua e Benedita estão sentadas na areia da praia em silêncio enquanto observam as ondas uniformes desaguarem aos seus pés. Lua tem o olhar distante e tem seu corpo curvado para frente. Benedita está com os braços esticados na areia com as costas para  trás, de modo que consegue observar a garota sem chamar sua atenção. Lua a olha por um breve momento.
BENEDITA (LINGUAGEM DE SINAIS)

De dia o mar não parece tão assustador. Um dia você vai ver.


Benedita desvia o olhar e passa então a observar as ondas. Benedita começa a murmurar uma melodia.
BENEDITA

CORAÇÃO DO MAR É TERRA QUE NINGUÉM CONHECE. PERMANECE AO LARGO E CONTÉM O PRÓPRIO MUNDO COMO HOSPEDEIRO
Benedita tenta chamar atenção da garota enquanto desenha formas na areia.
BENEDITA

CORAÇÃO DO MAR É TERRA QUE NINGUÉM CONHECE. PERMANECE AO LARGO E CONTÉM O PRÓPRIO MUNDO COMO HOSPEDEIRO
Benedita dá um leve empurrãozinho em Lua.
BENEDITA

Tem por nome “Se eu tivesse um amor”, tem por nome “se eu tivesse um amor”...
Benedita faz cócegas em Lua, que agora ri.
BENEDITA

Tem por nome “Se eu tivesse um amor”, tem por nome “se eu tivesse um amor”...
Benedita aumenta a frequência das cócegas em Lua, que agora gargalha se debatendo na areia. Lua faz careta pra Benedita. Benedita assopra o rosto de Lua e sai correndo. Lua passa a mão no rosto e sai correndo atrás de Benedita.

FADE




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   37


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal