A mulher no fim do mundo



Baixar 246.19 Kb.
Página10/37
Encontro20.06.2021
Tamanho246.19 Kb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   37
3.1. DEFINIÇÃO DE EQUIPE

Como já citado, desde o princípio em que decidi realizar este filme, estava certo de que não iria dirigi-lo, por enxergar uma série de discursos em potencial que demandam um local de fala que não me pertence. Não há como propor um protagonismo e abdicar de sua representatividade. Portanto, logo de início convidei Ana do Carmo, aluna da Área de Concentração em Cinema do Bacharelado Interdisciplinar em Artes da UFBA, com quem havia trabalhado no meu primeiro filme, Peixe Morre Pela Boca (2018), para assumir a direção. Em imediato, estendi o convite ao seu namorado, Ariel L. Dibernaci, formado em Audiovisual pela Unijorge e com quem também tive o prazer de dividir o set de filmagens no meu primeiro curta.

Na hora da montagem em equipe, me reuni com Ana e com Ariel para pensarmos em nomes que topariam ingressar nesse projeto. Além de experiência na realização de filmes, buscamos pessoas que se identificassem com o discurso proposto pelo filme. Por isso, a equipe é composta majoritariamente por mulheres negras.

Nome por nome, a equipe foi tomando cara e corpo. Pessoalmente, me foi gratificante ver pessoas tão qualificadas, experientes no cinema e que tanto me inspiram admiração por suas histórias particulares de vida, estando engajadas, animadas, e, ainda por cima, me relatarem terem se enxergado ou se sensibilizado com a estória que iríamos contar. Era a sensação de já ter valido a pena, antes mesmo de tudo.

Ao todo, foram vinte e duas pessoas envolvidas na realização de A Mulher No Fim Do Mundo. Além de Ana do Carmo, na direção, e Ariel L. Dibernaci, na direção de fotografia, a equipe contou com: Raquel Campos, na assistência de direção; Adriele Regine, na direção de arte; Vilma Martins, na direção de produção; Tainah Paes, na preparação de elenco e na atuação, interpretando Benedita; Heraldo de Deus, na direção de elenco; Marise Urbano, na técnica de som; Vanessa Aragão, na direção musical; Júlia Moraes, na montagem; Djalma Calmon, na assistência de fotografia; Cláudia Sater, Ana Paula Souza, Isabella Ferreira e Marcos Alexandre, na assistência de produção; Constance E. Lima e Raphael Dutra, na assistência de arte; Manuela Azevedo e Wesley Rosa, na assistência de som; Bia Lima, no Making Of; e Vinny Almeida, nos efeitos visuais. É importante salientar como todos envolvidos aceitaram participar do filme de forma colaborativa e também entenderam as condições de que um filme pertencente a um projeto de TCC precisa atender.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   37


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal