A importância do ensino da matemática na educação infantil


 Matemática na educação infantil



Baixar 290.54 Kb.
Pdf preview
Página2/4
Encontro27.07.2022
Tamanho290.54 Kb.
#24375
1   2   3   4
ARTIGO
2 Matemática na educação infantil 
A matemática nesta fase da vida é essencial, já que é constituída pelas 
crianças a partir dos ensaios oportunizados pela vivência em seu ambiente 
natural e do diálogo com diferentes pessoas, nos quais os conhecimentos podem 
ser reinventados e reelaborados. 
Justifica-se, dessa maneira, a indispensabilidade da matemática na história 
do aluno desde a infância, para que o mesmo torne-se um ser crítico, com 
capacidade de discutir e argumentar sobre decisões sociais e financeiras que 
dizem respeito a toda a sociedade. 
Apesar da importância dessa disciplina, as avaliações realizadas pelo 
governo, por meio de provas com os alunos da educação básica, como por 
exemplo, a Provinha Brasil e a Prova Brasil, mostram que ela é a disciplina que 
apresenta os índices de aproveitamento mais baixos. Andrade, Viégas e Tristão 
(2009, p.4) enfatizam que: 
[...] Percebe-se que os alunos, mesmo os plenamente alfabetizados na 
linguagem corrente, não possuem as habilidades básicas para o 
entendimento da Matemática. Não conseguem, muitas vezes, concluir com 
exatidão as quatro operações fundamentais: adição, subtração, multiplicação 
e divisão. Tampouco conseguem interpretá-la nas situações-problema, em 
que o seu ensino está hoje embasado. Quando não consegue atribuir um 
sentido prático à Matemática, o aluno passa a ter aversão por ela, o que 
contribui para o consumado quadro de “analfabetismo” instaurado na 
contemporaneidade. 
Apesar disso, Carvalho et al (2012) comentam que pesquisas em educação 
matemática têm apontado que as crianças possuem condições de desenvolver 
diferentes processos do pensamento matemático. Entretanto Andrade, Viégas e 
Tristão (2009, p.5) afirmam que: 
À medida que os alunos vão avançando às séries finais da educação básica, 
os indicadores tendem a cair. Internacionalmente, a situação também é 
caótica. Em 2006, os resultados alcançados pelos alunos brasileiros no 
Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) em Matemática 
corresponderam a 370 pontos. Este resultado é equivalente à média de 
países como Quatar (318), Tunísia (365) e Kirziquistão (311), entre outros 
bastante pobres, enquanto as médias mais altas chegaram à casa dos 540 
pontos, na Finlândia (548) e em Hong Kong (547). 


59 
Dessa forma, a matemática passa a se tornar em algum momento da 
escolarização o oposto de como é tratada na primeira etapa da educação básica, 
já que na educação infantil as pesquisas mostram um nível de ensino bastante 
satisfatório.
Um dos princípios de Piaget (1976) é que ensinar matemática na educação 
infantil vai muito além de ensinar a contar.
Os fundamentos para o desenvolvimento matemático das crianças 
estabelecem-se nos primeiros anos. A aprendizagem matemática constrói-se 
através da curiosidade e do entusiasmo das crianças e cresce naturalmente a 
Baixar 290.54 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal