A biblioteconomia e a “construção do social”* Library Science and the “Social Construction” La bibliotecología y la “construcción de lo social”



Baixar 77.94 Kb.
Página1/9
Encontro28.10.2019
Tamanho77.94 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9

doi: 10.17533/udea.rib. v41n2a05

A biblioteconomia e a “construção do social”*

Library Science and the “Social Construction”

La bibliotecología y la “construcción de lo social”

Gabrielle Francinne Tanus1

1Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutora e mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Bacharela em Biblioteconomia pela mesma universidade. Foi bibliotecário do Sistema de Bibliotecas da UFMG. gfrancinne@gmail.com orcid.org/0000-0003-2463-7914

Recibido: 2017/11/28 / Aceptado: 2018/01/30



Resumo

A análise e a relação discursiva da Biblioteconomia podem ser empreendidas a partir de diferentes correntes de pensamento. Concentra-se, neste trabalho, nos discursos da Biblioteconomia com as Ciências Sociais e Humanas; em particular, com a corrente de pensamento intitulada "construção do social". Essa vertente busca compreender não mais as totalidades ou as estruturas, mas o indivíduo e suas ações sociais. Para essa discussão instaurada no campo das Ciências Sociais e Humanas em diálogo com os discursos da Biblioteconomia foram convocados os seguintes autores: Alfaro-Lopez (2010), Rendón-Rojas (2005), Brown-César (2000) e David Lankes (2015). A compreensão dos saberes que conformam parte do discurso da Biblioteconomia possibilita uma visão mais aprofundada desse campo científico, trazendo luz, também, ao contexto mais amplo das Ciências Sociais e Humanas, onde se insere como modalidade específica do pensamento.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal