7ª e diç Ão atu aliz ada e a mp liada Atividade Física, Saúde Qualidade de Vida



Baixar 6.47 Mb.
Pdf preview
Página50/244
Encontro04.08.2022
Tamanho6.47 Mb.
#24480
1   ...   46   47   48   49   50   51   52   53   ...   244
ATIVIDADE FÍSICA, SAUDE E QUALIDADE DE VIDA
Força Muscular
Força muscular é a capacidade derivada da con-
tração muscular, que nos permite mover o corpo, 
levantar objetos, empurrar, puxar, resistir a pressões 
ou sustentar cargas. Se os músculos são usados 
frequentemente, eles se tornam mais firmes, fortes 
e flexíveis; músculos inativos se tornam fracos, 
flácidos e menos elásticos. É através de exercícios 
regulares que os músculos se tornam mais fortes 
e resistentes, permitindo que nos movamos mais 
eficientemente no trabalho ou no lazer.
Quando um grupo muscular (braços, pernas ou abdômen) executa um 
trabalho físico que exige repetidas contrações musculares, diz-se que este 
trabalho requer resistência muscular ou resistência de força. Nós precisamos 
de resistência muscular quando carregamos um objeto ou um bebê por um 
tempo prolongado, quando movemos o corpo repetidas vezes de uma mesma 
forma, executamos tarefas domésticas ou quando praticamos esportes.
Para melhorar a força de um grupo muscular precisamos exercitá-lo re-
gularmente num nível mais intenso do que costumeiramente fazemos. Quer 
dizer, deve-se aplicar o princípio da sobrecarga, utilizando-se cargas que exi-
jam adaptações fisiológicas e estruturais (morfológicas). Em geral, utilizam-se 


C
a p
. 4 – a
p t i d ã o
M
u s C u l o E s q u E l é t i C a
: F
o r ç a
E
M
o b i l i d a d E
84
sobrecargas (halteres) ou outras formas de resistência, como o próprio peso 
contra a gravidade, para incrementar o processo de desenvolvimento muscu-
lar – hipertrofia.
Os exercícios que desenvolvem a força e a resistência muscular podem 
ser classificados em:
(a) Isotônicos ou dinâmicos: aqueles em que o músculo se encurta e se 
alonga enquanto a força é aplicada (exemplos: levantamento de pesos, 
arremessos, saltos). Há movimento das partes corporais e um grande 
aumento da circulação sanguínea.
(b) Isométricos ou estáticos: aqueles em que os músculos contraem con-
tra uma resistência estática. Não há movimento, mas o indivíduo faz 
força (ex: tentar empurrar uma parede).
(c) Isocinéticos: estes exercícios são realizados em equipamentos espe-
ciais que proporcionam uma resistência variável de acordo com o 
ângulo e a velocidade do movimento. A ideia é manter a aceleração 
constante, estimulando o músculo de forma ideal e constante em todos 
os ângulos do movimento. 

Baixar 6.47 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   46   47   48   49   50   51   52   53   ...   244




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal