100 Os problemas fundamentais



Baixar 143.37 Kb.
Página1/19
Encontro20.03.2020
Tamanho143.37 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   19

Os problemas fundamentais

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: 2filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; dize-lhes, a esses pastores, este oráculo: eis o que diz o Senhor Javé: ai dos pastores de Israel que só cuidam do seu próprio pasto. Não é seu rebanho que devem pastorear os pastores? 3Vós bebeis o leite, vestis-vos de lã, matais as reses mais gordas e sacrificais, tudo isso sem nutrir o rebanho. 4Vós não fortaleceis as ovelhas fracas; à doente, não a tratais; à ferida, não a curais; à transviada, não a reconduzis; à perdida, não a procurais; a todas tratais com violência e dureza. 5Assim, por falta de pastor, dispersaram-se minhas ovelhas, e em sua dispersão foram expostas a tornarem-se presa de todas as feras. 6Minhas ovelhas vagueiam em toda parte sobre a montanha e sobre as colinas, elas se acham espalhadas sobre toda a superfície da terra, sem que ninguém cuide delas ou se ponha a procurá-las...” (Ez 34,1-6).

Diante dessa palavra queremos oferecer uma reflexão que nos ajude a olhar para as ovelhas a nós confiadas com profundidade, com um olhar de médico das almas, como Deus nos pedi. Por isso iremos descrever quais são os problemas fundamentais que afetam uma pessoa e que lhe impedem de fazer qualquer caminhada espiritual.

Esperamos que isso nos ofereça mais sabedoria nos nossos acompanhamentos.

Você conhece a história do cientista e da aranha surda ...?

Vamos contar brevemente... “Era uma vez um cientista que estudava com cuidado as aranhas. Observava que tinha 8 ‘patinhas’ mas não encontrava nelas orelha e ouvido. Assim começou sua pesquisa cientifica. Pegou duas patinhas da aranha e puxando de uma vez as arrancou. Depois disse: “Aranha vai!” e a coitada, foi se arrastando... Logo depois o cientista arrancou mais duas patinhas e disse: “Vai aranha!” e a coitada foi se arrastando com mais dificuldade ainda, mas se mexeu”. O cientista feliz porque a sua teoria da relação entre ouvido e pata estava se confirmando, arrancou mais duas patinhas da aranha e gritou: “vai aranha!”. Novamente a aranha tentou se arrastar para fugir do perigo mortal, mas não conseguia andar mais. Enfim, o cientista arrancou as últimas duas patinhas e o corpo da aranha começou a ficar imóvel no chão de barriga para baixo. O cientista gritou e gritou “Vai aranha! Vai aranha!”, mas ela não se mexia!

Transbordante de alegria, o cientista concluiu: “Aranha sem pata se torna surda e desobediente!”
Pois bem, hoje vamos enfrentar um tema, que nos ajuda na nossa caminhada pessoal e no acompanhamento das pessoas que Deus nos confia, porque às vezes arriscamos de ser igual esse cientista.
Para entrar no vivo do nosso tema, iniciamos nos perguntando:

- Por que uma pessoa que se acende durante um retiro e logo se apaga, e volta à triste vida de antes?



- Por que uma pessoa frequentemente tem uma vida dupla: um pé na Igreja e um pé no mundo?

- Por que nos nossos diálogos não conseguimos chegar no coração do irmão e, muitas vezes, nos parece totalmente inútil a nossa fadiga no acompanhamento?

- Por que não se consegue acabar com os vícios, logo, no momento da conversão?

- Por que a pessoa não se acende totalmente para o ideal de Jesus?
Essas perguntas são muito importantes para quem deseja fazer uma caminhada estável e para quem sente a responsabilidade de ajudar a pessoa que está ao seu lado, por quanto despreparado se encontre.
O primeiro passo consiste em abrir os olhos sobre os que chamamos de PROBLEMAS FUNDAMENTAIS... OU “PARALISIAS” FUNDAMENTAIS que prendem uma pessoa.

O raciocínio é muito simples: se eu amarro a patinha de um passarinho a uma bola de chumbo e depois grito para ele: “Voa! Voa livre no céu azul! Deus te fez para voar! Voa!”

Seguramente ficarei decepcionado e até acabrunhado pela desobediência do passarinho que não quer subir até o céu... Mais espiritualista eu for, mais acabrunhado ficarei!

Precisa da simples e humana “intuição” que até eu cortar o cabo de aço para livrar o passarinho, ele não vai voar! Até eu perceber o cabo de aço, e cortá-lo, o passarinho nunca voará!


Vamos dar um outro exemplo: um pobre mendigo paralitico, como muitos que Jesus encontrava no seu caminho. Se Jesus tivesse falado a um deles: “Vem e segue-me!”... Será que o paralitico teria conseguido seguir Jesus com uma paralisia completa dos membros inferiores?

Para pedir que o paralítico o seguisse, Jesus, antes, devia curá-lo, libertá-lo da paralisia!

O mesmo se fale do cego de Jericó: ele só seguiu Jesus depois que Jesus o curou.

Sem resolver o problema físico, não há seguimento de Jesus, por quanto grande seja o desejo do paralitico.


Devemos usar a cabeça e o coração e entender que há PROBLEMAS FUNDAMENTAIS, PARALISIAS FUNDAMENTAIS, BOLAS DE CHUMBO FUNDAMENTAIS, que prendem os nossos irmãos e até que não os libertamos, eles não poderão voar nunca.

Eis, portanto, o sentido da nossa reflexão: como proporcionar ao nosso irmão uma caminhada espiritual, como fazer nós mesmos uma caminhada espiritual, resolvendo e respondendo aos problemas fundamentais que nos bloqueiam.


Antes de mais nada, vamos olhar no rosto desses problemas.
AS DIMENSÕES FUNDAMENTAIS DO SER HUMANO
É claro que essas análises têm uma base psicológica, mas nós desejamos permanecer no lado espiritual.

Há um princípio simplicíssimo que sustenta toda a espiritualidade cristã: “GRATIA SUPPONIT NATURAM”, ou seja: “a graça pressupõe e se apoia em cima da natureza humana”, como explicamos no início dessa apostila.

Não existe Graça aonde não há uma natureza que a acolha e seja seu pedestal!
Por exemplo: um santo pode fazer grandes obras sim... mas até que tem vida...
Para falar a linguagem de Jesus: se eu construir sobre a rocha, tudo fica bem firme e estável, se eu construir uma casa sobre a areia... ela vai desmoronar na primeira enchente. Não tem base sólida e tudo o que eu fiz se torna inútil, provoca morte.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   19


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal